Aos amigos.

Aos amigos.

Amar é sentir a sensibilidade de uma flor..

Amar é sentir a sensibilidade de uma flor..
Amar é sentir a sensibilidade de uma flor.

O meu livro.

31 de julho de 2013

Como as Flores!


Pelos caminhos da vida,
refaço meus momentos de amar.

Aconchego-me entre as flores 
e
 busco em seus coloridos,
 um jardim de amores floridos.

A esperança 
é 
a confiança,
que seja breve,
 nesse momento de espera.

Sei que chegará,mesmo que seja por um instante.

Enquanto espero,
cerro meus olhos 
sinto o perfume
que deixou,
junto à mim no dia em que me amou.

Sinto sua presença,
como o aroma que sorvo,
da mais linda flor.

Preciso de você!

E como as flores, 
que necessitam de água para viver,
eu 
necessito do seu ar,
 para respirar
 e 
reavivar
nosso momento de amar.

Juntos,selaremos esse encanto de prazer.

Seja na luz que virá dos raios dourados 
ou
do luar que chegará prateado.

Seremos sempre eternos enamorados.

Estou lhe esperando como as flores,
aromatizando nosso ninho,
 para concretizarmos
nossos desejos.

Seremos cúmplices amantes,
entre abraços e beijos.

Poema-Carmen Lúcia-imagem-Sandy07



30 de julho de 2013

Somente um Sonho!



Quero sonhar!

Abrigar-me dentro desse sonho
 e levar
para bem longe, 
seu olhar tristonho.

Afagar suas mãos em carícias
 e 
beijar seus lábios
com doçuras,
levando nossos pensamentos
 em loucuras.

Esse é o amor e a pureza que existe.

Não quero ver seu olhar triste.

Quero seu sorriso,mesmo sendo em sonho.

Eu lhe proponho!

Sentir a leveza de amar
e sonhar!

Concretizar nossos desejos
 e 
adocicá-los com longos beijos.

Como um barco,
iremos bem devagar,
deslizando sobre as águas,
 sem naufragar.

Amar,amar até chegar o momento
de acordar.

Que Pena!

Foi somente um sonho....

Mas um dia quem sabe, iremos realizar.


Poema- Carmen Lúcia-imagem-Sandy07






















29 de julho de 2013

Um pedido ao Vento!

Ah,se pudesse pedir ao vento,
seria 
para que soprasse bem leve
 e 
deixa-se chegar ao firmamento,
pétalas suaves como um sussurrar de canções,
dançando em formas de corações,
levadas pela brisa leve.

Ah,se pudesse pedir ao vento,
 seria 
para flutuar até o horizonte,
onde o sol se esconde.

 Receber o aquecimento,
para voejar como plumas,
até o poente.

Ah,se pudesse pedir ao vento,
seria 
para chegar até a lua,
abraçá-la com ternura
e dizer
que sou eternamente sua.

Ah,se pudesse pedir ao vento,
seria 
para alcançar as estrelas,
iluminar minha íris,
com as cores mais lindas, 
pinceladas 
em
arco-íris.

Ah,se pudesse pedir ao vento,
seria 
para pisar,
 na fina
areia branca
nas espumas das ondas,quebrando a beira mar.


Ah,se pudesse pedir ao vento,
seria 
para lhe encontrar!




Ah,se pudesse pedir ao vento....

Poema-Carmen Lúcia-imagem-centerblog-net.









Queridos amigos!

Amigos,acabei de chegar,morrendo de saudades de vocês.

Agradeço à todos que me visitaram.
Foram muitos e fiquei bem surpresa,por ser tão querida.
Prometo,que logo estarei com meus rabiscos em forma de carinho passando à vocês.

Um beijo com sabor de mel

Carmen Lúcia

22 de julho de 2013

Breve Descanso!

Pelos campos,passeio entre folhagens.

Recebo aeragens
 que 
chegam,
atravessando o horizonte 
trazendo
 o 
aroma silvestre.

A paisagem se acomoda.

Levando-me à um local
onde,
as borboletas saciam sua sede
 e
deslizam pelas correntezas do rio.

Suaves cantos dos pássaros,
encantam 
com
 seus cantos e pios.

Um bailado começa a ser feito
e
 disputado para ser o mais perfeito.

Seria magia
ou
mera fantasia!

Sinto perfumes que exalam das árvores,
trazendo a pureza
 da 
mais bela natureza.

Um encanto das longas tardes,
com
 o 
sussurrar do vento
que
 bate contra o tempo.

Uma alegria envolve meu corpo,
e
chego a sonhar.

  O burburinho dos peixes,
 escondem-se 
entre 
musgos,
formando borbulhas
junto às águas,
que 
irão desaguar.

Quero sentar-me na rocha e apreciar essa beleza.

Vendo as borboletas à bailarem
e
os 
campos silvestres,
 exibindo 
suas vestes.

Verdes em clorofilas,
intercalam-se
 com 
coloridos,
 pincelados entre o remanso
das 
águas dos rios.

Breve descanso,
passeando pelos campos....




Poema-Carmen Lúcia-imagem-sandy07








20 de julho de 2013

Doce Saudade! Feliz dia do Amigo!

Doce saudade que agride o corpo.

Quero suportar,
mas ela chega 
nesse leve sopro, 
adocicando o ar.

Quero espairecer a mente,
sabendo que estou distante.

O sol é o mesmo,
 com seus raios dourados,
pincelando as águas,
onde a ave descansa suas asas.

Começo a sentir,
vontade
de expandir,
o toque mágico dos rabiscos.

E entre minutos,os rascunhos começam a aflorar.

O perfume do grafite se instala e me convida
a rabiscar entre o céu,o sol,as estrelas e o luar.

Ainda demoro a chegar,mas sei que 
ficarão a esperar. 
E essa doce saudades,que se instala em minh'alma!

O que me acalma é a lembrança que aproxima
essa distância.

Tão longe e tão perto,
logo chegará o tempo 
 certo.


Beijos distantes,com uma doce saudade...

A todos amigos,um feliz dia do amigo.

Poema-Carmen Lúcia.






15 de julho de 2013

Amigos uma breve Pausa! Fonte dos Desejos!

Quisera ser como essa fonte!

Ser água para saciar sua sede.
Ser desejos e receber longos beijos.

Ser uma corda e trazê-lo à tona.

Entretanto,procuro ao fundo e não o encontro.

Meus sonhos,ficaram na proa do barco
que 
deixei em um desencontro.

Uma fonte de desejos dessa
quimera,
implora para retornar à realidade,
dessa longa espera.

Quem sabe de um amor,
que
 deixou dilacerado um
pobre coração.

Quero gritar e ouvir,o ecoar da minha voz.

Fazer os meus pedidos.

As moedas irei jogar,
para se aprofundarem 
até lhe encontrar,
reavivar esse amor,
e
 os desejos de amar.

Não sou fada,mas sou a mulher amada!

 Sonho com sorrisos brejeiros e fico à espera
do reencontro nessa fonte dos desejos.

Sei que voltará!

E nesse espaço de tempo,
ficarei observando, 
a brisa do vento
o balançar
da corda,com o rodamoinho das águas,
 levando
até o fundo,
as moedas em um tilintar
um encanto de sonhar!

Mas sei que irá voltar....

"Amigos hoje me despeço,para uma breve pausa e um descanso,obrigada a todos que aqui sempre deixam carinhos em forma de amor".

Beijos e até a volta.

Poema-Carmen Lúcia-imagem-Claudinedu.

UM CARINHO A VOCÊS.

SERENADE-FRANZ SCHUBERT-YOUTUBE






12 de julho de 2013

A grande Tenista! Reeditando.

Para Laura,conquistar mais um título ou uma taça,era um grau a mais que estaria subindo ao sucesso.

Todos os dias,treinava para realmente que seu nome continuasse em noticiários.

Chega o dia de um jogo muito importante,iria enfrentar uma jogadora de grandes possibilidades de conquistar essa vitória.

Aquela seria uma difícil tarefa em sua vida,mas a confiança jamais a deixaria ser derrotada.

Como Laura sabia o que queria e treinava muito,nada faria esmorecer.Acreditava em seu potencial.

Sabia que iria ganhar!A sua força era tão grande,que mesmo quase não podendo caminhar,ela tinha essa certeza que levantaria o troféu.

Seus pais,acompanham para o torneio.

A adversária,fica com os olhos arregalados quando vê a jovem e com toda altivez diz a treinadora:

Eu não sabia que iria disputar esse troféu com uma pessoa que mal consegue ficar em pé!Ela irá perder!

Responde a treinadora:

Não sei,ela é uma grande jogadora,fica atenta!
E as duas preparam-se para a disputa.

Começa o jogo.

Ambas se olham atentamente e disputam de igual para igual.O jogo foi emocionante,mas a grande vitória com certeza foi de Laura.

Ela não obteve nenhum obstáculo,apesar da deficiência.

Na realidade,a adversária é que era imperfeita.

Não conseguiu ganhar,mesmo tendo as duas pernas perfeitas.

"Ter uma deficiência,não nos torna imperfeitos e sim perfeitos em qualquer ocasião das nossas vidas"!

                       Somente confiar em si próprio.



Conto-Carmen Lúcia-imagem Google.

11 de julho de 2013

Luzes do Sol Nascente!

 Vida me faz renascer à cada dia.

Recebo ao amanhecer,
 luzes do sol nascente.

Embalo-me em um manifesto 
de alegria.

Em cada
giro de energia,
minha mente,
restaura tudo que ficou pendente.

Sobre a luz que clareia todas as manhãs,
entrego-me
aos sabores delicados e doces
que surgirão,
quando enceno meus passos,
em 
rodopios e sensações.

Girar,girar,sem cansar!

Entregar-me nesse  gesto.

Sinto a calma que me seduz.
Sinto a luz que reluz.

Sou  vida,sou dança,sou canção.

Sou luz em energia e emoção.

Respiro profundamente,e entrego-me

à luzes do sol nascente.

À todos que desejarem,entrem
sem bater.

Entreguem-se e deixem acontecer.

Recebendo a vida,nessa esperança de
um novo alvorecer.

Poema-Carmen Lúcia-imagem-Goomyz




10 de julho de 2013

Rosa Branca!

Na
mais nobre poesia.

O dedilhar,
envolvia-se como a flor,
com encanto 
entre a música,
as notas e o amor.

Ah,esse amor...

Saudades 
deixadas,
pelos dias passados,
onde
eram relatados,
sobre sons de um piano
o desejo de amar.

Foram tantos,que a rosa branca,
permaneceu pura e singela,
sem precisar
das águas para aguar.

No silêncio,ouve-se ainda
ao longe o ecoar do toque
musical.

Um amor que ficou em lembranças,
doçuras 
fragrâncias,
deixadas,
pelas pétalas da flor.

A mais linda rosa branca,
sobre o suave teclado calado,
fica à espera desse grande amor.Mãos delicadas,
suavizavam o toque 
da magia encantada!

 Rosa branca,
suave saudade 
depositada.

Tantos momentos,
 eternizados com maestria,

Poema-Carmen Lúcia-imagem-goomyz
















Voar como Libélulas!

Sinto que sou leve
como o vento,
que
passa suave.

Sinto esse prazer,
no esvoaçar das minhas vestes
e
através da brisa
que
 me acalma.

Essa leveza,
me faz como libélulas,
ao retorno
de voos exuberantes.

Se manifestam em festa.

Vestidas com transparências,
em 
sobrevoos excitantes.

Preciso caminhar,
solta e envolta
em 
pensamentos,
pelos caminhos
da vida.

E assim,como elas
quero libertar minhas asas.

Voar,voar e
chegar como libélulas,
para sobrevoar
com transparência,
ao encontro 
do
eterno amor,
mesmo que seja,
para uma breve vivência!

Poema-Carmen Lúcia-imagem-mamietitine.









   
  

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Amigos

Amigos

Flores com carinho.

Flores com carinho.