Aos amigos.

Aos amigos.

Amar é sentir a sensibilidade de uma flor..

Amar é sentir a sensibilidade de uma flor..
Amar é sentir a sensibilidade de uma flor.

O meu livro.

30 de junho de 2014

Um Grande Amor!

Timidamente exalo os perfumes dos aromas
recebidos,
em ofertas que fizestes a mim.

Busco igualar esse frescor em cada pétala guardada,
como simbolo de um grande amor.

Tu deixastes como presente e levastes meu coração junto ao teu ser ausente.

Sorrio e derramo sem que vejas,lágrimas perfumadas.

Escondidas,intercalam-se entre flores aguando cada pétala guardada,
para
 que não sofram, 
essa
 ausência deixada.

Restauram-se em abundância,exalando exuberâncias
nos perfumes.

Suavizam minhas mãos que imploram essa volta,de uma doce paixão.

Meu rosto recebe a suavidade,como minh'alma recebe esse exalar aromatizado.

Um presente como lembrança de um 
amor a distância,
deixando 
entre as flores,o perfume
das noites eternas,
de 
um grande amor.

Grande amor......Suave e terno como elegância da flor.

Poema-Carmen Lúcia-Imagem-centerblog.-net

27 de junho de 2014

Ninho de Amor!


Tu me encantas,com teu canto.

Em alegres manhãs,teus pios saltitantes
me avisam,
que o dia começa amanhecer.

Nascestes em um alvorecer,e deixastes o ninho para
enviar-me teus carinhos.

Alegro-me cada vez mais,ouvindo esse chilrear.

Um cantar esfuziante,percorrendo instantes como
sussurros de avisos.

Seriam avisos sorrindo de um amor distante,
retornando ao seu aconchego.

Vivo nessa espera,alegrando-me em chegar esse momento.

Um momento de sossego para beijar meu amado,sorrir a mais bela flor,e acariciar as
plumagens coloridas 
do 
pequeno beija flor.

Ele avisou e tu já estas a caminho,para mutuamente
construirmos o nosso ninho como
o visitante construiu,
aquecendo à espera de sua amada.

Teceu bem devagar,como um tear,
mostrando
quanto importante é o doce sabor do amor.

E como ele......Eu te espero..... 
Para 
com esmero,construirmos nosso ninho de amar.


Autoria-Carmen Lúcia-imagem-centerblog-net.

26 de junho de 2014

Eternos como a Lua!

Juras fizemos a cada troca de olhares.

Tu me dizias em um sussurrar,um amor a transbordar.

Seguravas minhas mãos e pedias que fossemos eternos
como a lua.

Tímida eu dizia que tu me encantavas e seria eternamente tua.

E assim nesses juramentos,sobre os olhares do florescer das rosas,fazíamos nossos versos de amor como cânticos dos
poemas e prosas.

Entregando-te meus lábios para serem acariciados por teus beijos apaixonados.

Seríamos para sempre dois amantes em juras eternas
diante do luar,que observava 
esse 
nosso toque suave de amar.


Poema-Carmen Lúcia-Imagem-mamietitine.

25 de junho de 2014

Folhas que Choram!


Leva-me a ver o amanhecer.

Caminharemos por esse jardim,apreciando
as folhas secas que agora já se foram,
nesse
 término do outono.

Nossos olhares percorrem o horizonte,e procuram a fonte,para saciarmos nossa sede de amar.

Um amar delicado,onde o verde pincelado em tela agora é triste,observando a estação terminada e dando cumprimentos 
ao 
elegante inverno.

Sinto-me aquecida pelos teus braços que me enlaçam.

E assim passeamos sempre apaixonados,
aos encantos dos nossos encontros,juntos aos perfumes
das
 folhas secas caídas,chorando nos prados.

Ah,folhas secas que choram...

Poema Carmen Lúcia-Imagem-mamietitinne.

Obrigada amigo Samuel,por tão lindo vídeo.
Adorei.

Os amigos que forem ouvir,abaixem o volume da minha música.



Soneto à Carmen.
Tua alma brinca nas cores radiantes
Da natureza que tanto te encantas...

Flores lindas e pássaros cantantes
Deixam-te uma alegria sempre tanta;

No teu coração,perolas brilhantes
Vestem teu ser coberto pela manta...
Na pureza que em noites elegantes
Fica ouvindo cada estrela que canta;

Na brisa o suave aroma de flor
Desfilas carregado de magia...
Pelos jardins eternos da harmonia;

Dos teus olhos transbordam o puro amor...
Para que borboletas reais se fartem
Dos sentimentos mais bonitos Carmen;




24 de junho de 2014

Aviso aos amigos!



Amigos,peço perdão em não poder visitá-los,pois estou com problemas no meu computador e não visualizo as postagens.
E hoje terei a companhia dessa minha linda filha e meu neto que ficará novamente aqui em casa.
Se houver um tempinho com certeza estarei postando,caso contrário fico a dever.
Obrigada pela compreensão de todos.
bjs mil com muita luz.

Carmen Lúcia-Imagem-Minha filha e eu em seu casamento.-abril/2006.

23 de junho de 2014

A Florista!

Tempos vividos,dos passeios escolhidos entre flores do campo.

Encantos escondiam-se e confundiam-se
 com 
os colores dos buquês.

Timidamente caminhava para encontrar os passos ouvidos,
no 
encostar dos arbustos.

Relutava,mas queria esse encontro bem vindo pelos aromas da natureza.

Levezas encontrava e sutilmente chegava mostrando
suavidade,
em 
seu caminhar.

Seria a florista entregando perfumes,ou talvez a musa dos 
poemas de amores.

 Olhares embevecidos procuravam descansar,
nesse caminhar,
para em fim entregar os aromas deixados no ar 
ao 
amante que iria encontrar,
e sussurrar:

Tu és a poesia perfumando as alamedas desse jardim,
dê tuas mãos para juntos colhermos os florais
 em 
cestos aromatizados por margaridas e jasmins.


"Amigos,não sei se irão visualizar esse meu poema,pois estou com problemas no painel e também não estou visualizando as postagens dos amigos"
Beijos a todos nós brasileiros,que hoje vamos torcer muito para o nosso amado Brasil".

Autoria-Carmen Lúcia-Imagem Mamietitinne.

20 de junho de 2014

Remanso d'água!



Mãos tocando nesse remanso d'água.

Quase adormecida,sinto esse umedecer juntando-se às lágrimas rolando.

Quisera que fosse somente um sonho e nada mais.

Quisera que essa água levasse junto a outra margem, a mágoa como passagem.

Quisera um sopro leve de aragem,e fizesse transbordar de minh'alma esse sentimento.

Preciso dessa calma,para não deixar adormecer essa sede 
de 
te amar.

E nesse remanso d'água,espero ver o espelho do teu ser,
ao 
encontro do meu viver,
sem 
que 
seja um sonhar!


E assim não haverão mais lágrimas,somente águas de um remanso,passando bem devagar.

Bem devagar.....somente um remanso d'água. 

Autoria-Carmen Lúcia-Centerblog.net.



18 de junho de 2014

Se meus olhos pudessem falar!

Ah,se meus olhos pudessem falar.....

Diriam que navegariam sobre o mar,sentindo a leveza das ondas quebrando a beira mar,
somente para amar-te.

Ah,se meus olhos pudessem falar....
Diriam,serem estrelas brilhando junto a lua para 
iluminarem teu caminhar.

Ah,se meus olhos pudessem falar....
Diriam,que sairiam correndo ao teu encalço e com meus pés descalços,te seguravas e te entregavas meus lábios
para beijar-te.

Ah,se meus olhos pudessem falar...
Diriam,que atrás das montanhas rochosas existem abrigos,
entremeados de flores para encontros de amores.

Em fim se meus olhos pudessem falar....
Diriam,esses encontros seriam pactuados por um
amor entre dois seres enamorados.

Ah,mas meus olhos falam......

 E dizem:
 Somos amantes amados,
esperando o sol nascer 
em
 um novo amanhecer.

Autoria-Carmen Lúcia-imagem-lyommaise69



17 de junho de 2014

Maria Carolina e o Bem Me Quer!

Maria Carolina,uma jovem inocente fica à espera das pétalas que caem, 
quando contadas pelo mal me quer,bem me quer.

Tantas vezes,contou e tantas vezes desfolhou a margarida,
sem chegar na pétala escolhida.

Caminhou entre as flores,em busca de um grande amor.

Sentia arrepios,quando a desfolhava e olhava com meiguice,para que saísse o bem me quer.

Segurava entre as mãos a linda margarida,para que não desfolhasse
caísse adormecida.

Se isso viesse acontecer ficaria temerosa,sabia que
entre as pétalas uma poderia sair ferida e as lágrimas da formosa flor daria a péssima notícia.

O mal me quer sairia e Maria Carolina ficaria triste,não passearia mais
pelos campos,não sorriria mais entre as papoulas,pois 
 mesmo sendo uma superstição, 

seu amor não viria.

Mas,de repente Maria Carolina pensa bem e pede perdão,pois não mais deixaria
que ela fosse despetalada e machucada para avisá-la que o grande amor não a queria,como sua amada.

E assim abriria suas mãos para acariciá-la com ternura
 e a levaria junto ao coração,
ficando à espera do outro bem amado que viria em sua direção.

Não iria mais ferir a pobre flor por um grande amor,
que
 não merecia,sofrer essa grande dor!


"Esse é um pequeno conto que fiz em forma de poesia,para encantar o meu amado neto Lucas que encontra-se junto à mim alguns dias em férias,e para que ele compreenda,que jamais devemos machucar uma flor ou qualquer espécie da mais bela natureza"! 

Autoria-Carmen Lúcia-Imgens-centerblog e arquivo pessoal


15 de junho de 2014

Eis minhas Mãos!





Eis minhas mãos para beijá-las.

O frescor das flores recebi e as entrego à ti,para que não esqueças de mim.

Não será o nosso último encontro,pois tu voltarás nesse mesmo jardim.

Espero um retorno breve,para doar-te outros buquês em aromas de jasmins.

Nosso reencontro será como a poesia descrita em folhas de cetim,
com
 palavras perfumadas,deixadas em versos feitos
à ti.

Recebo o toque de teus lábios em minhas mãos não como despedida,mas como espera
de um
 reencontrar nesse mesmo lugar,
em
 gesto sutil de amar.
  
Eis minhas mãos....que ficam à esperar-te.....

Autoria-Carmen Lúcia-imagem Anna Catharina.e centerblog.net.




13 de junho de 2014

Peço a ti!


 
  Peço a ti que fiques,junto a mim.

Celebraremos esse encontro através do nosso amor,  como as borboletas levam o pólen da mais linda flor,
a
germinar
em 
um ato de amar.

Nosso encontro é para nos amarmos,por isso peço a ti,para acariciar teu rosto,
com 
minhas mãos aquecidas por um leve sopro.

De amor......

 Somos duas almas vivendo eternamente para amarem-se.

Juntos veremos o encontro das visitantes,
que 
em instantes beijam as flores,
observadas pela luz do luar,nesse encontrar de dois amores.

Peço a ti que fiques,e como dois amantes,seremos igualados as borboletas e pousaremos nesse pólen a serem germinados,
 em 
um novo florescer, 
onde
 mutuamente colheremos,
os 
grãos semeados,
 desse
 encontro de amar.

Peço a ti que fiques......

Autoria-Carmen Lúcia-imagem Anna Catharina.





11 de junho de 2014

Te Amo!



Te amo!

Em nosso espaço de amar,somente existe a palavra
amor.

Como a flor que abre-se,entrego-me aos entre laços dos teus braços.

Teus beijos são favos de mel,que sorvo para adoçarem meus lábios.

Te enlaço com a delicadeza de um laço,para unir nossos corpos.

Te amo!

Vivo da tua presença junto a mim,como flores florescendo encantando os jardins.

Te amo!

E assim vivemos desse amor,como a cada botão que renasce e a cada pétala que abre-se,exalando os perfumes de amar.




 Essa poesia,dedico ao meu amor e amado marido pelo dia dos namorados. 

Autoria-Carmen Lúcia-imagens AnnaCatharina e Google.

 Amigos,amanhã comemoramos dois dias importantes:

"Dia dos namorados e dia do inicio da Copa do Mundo no Brasil,e que a nossa Bandeira colorida de Verde Amarelo Azul e Branco possa tremular muito em todos os locais,como prova em sermos brasileiros com muito orgulho".

Feliz dia dos Namorados e rumo ao Hexa!


10 de junho de 2014

Ah,o amor!


Ah,o amor!

Quando chega bem devagar,absorve esse espaço de querer.

Sobrevivemos do sopro de um viver,instalando-se em nosso ser.

Nada nos limita,nada nos afasta desse sabor de amar.

Magia envolvente e sobrevivente de um calor que arrebatá-nos em frios e arrepios.

Amor palavra pequena,mas com grandiosidade total de entrega aos beijos do amante,
como
 o botão da rosa entrega-se aos beijos do florescer das pétalas de sua flor.

Ah,o amor uma troca de olhares é o suficiente para
navegarmos nesse mar de amar.

Autoria-Carmen Lúcia-Imagem-Anna Catharina.




9 de junho de 2014

Te espero!


Hoje te espero e sei que virás.

Nesse entardecer o sol adormecerá sorrindo,sabendo que a luz da lua brilhará quando caminhares aos meus abraços.

O caminho é longo,mas a espera será confortante,pois unirá o encontro de dois amantes.

Esse amor,transcende noss'alma e virá com a volúpia da paixão.

Te  espero com calma,junto à minha timidez recolhida nesse refugio,não desejando que transpareça essa ansiedade.

Na verdade,conto as horas e os minutos para esse reencontro.

Te espero e já vejo teu vulto e ouço teus passos.

Meu amor não demores,chegues antes do amanhecer,para delicadamente sussurrarmos que esse é o renascer,
 das 
nossas vidas e do nosso viver.

Te espero....eternamente.

Poema Carmen Lúcia-imagem Anna Catharina.net


6 de junho de 2014

Como adolescentes!


Como adolescentes,percorríamos os rios 
atravessávamos fronteiras.

Sentíamos a brisa nos envolvendo em águas,que
acariciavam nosso caminhar.

E tu me dizias.....

Não temas,te levarei aos ninhos e aconchegos, 
em 
prazeres de sonhar.

E assim,caminhávamos pelos remansos,
onde 
somente existiam inocências quando entrelaçávamos
nossas mãos 
em 
união aos nossos desejos de amar.

Nossos pés descalços,nos levavam aos encalços de pura magia e fantasia.

Sonhar como adolescentes em encontros furtivos e beijos trocados......

Sonhar nessa doce inocência de amar,como adolescentes apaixonados.

Como adolescentes.....

Autoria-Carmen Lúcia-imagem-centerblog.net.

5 de junho de 2014

Somente Sonhos!


Em tempos distantes,tu me abraçavas como amante,beijavas minha fronte e dizias que eu seria tua rainha.

Cruzávamos muralhas,caminhos em flores,entregues aos doces momentos de amores.

Mas o tempo passou,tu e eu ficamos somente observando castelos que sobressaiam em sonhos,com
saudades dos passeios em jardins.

Eras meu rei e eu tua rainha,com primazias fazias
reverências à cada toque de mãos,entregues aos meus desejos e anseios.

E tu dizias.....

Seremos levados pelo nosso amor,como os risos da flores,seremos eternos como os lírios em frescor.

Ah,já não saberíamos se nossos corpos ficariam nesse abrigo,pois não éramos rei e nem rainha.

Éramos cúmplices que ficavam somente em vestes de uma quimera,quando tu dissestes.....

És minha rainha e eu em sussurros,dizia....
Tu és meu rei.

Somente sonhos......

Autoria-Carmen Lúcia-imagem Anna Catharina-centerblog.net


4 de junho de 2014

Leva-me junto!


Leva-me junto as tuas asas.

Encobre-me com tua singeleza e faça-me voar em suavidade com sutis nobrezas.

Que seja um voo inesquecível,que seja pairando de flor em flor,que seja coberto pelas cores e aromas que
 te envolvem no amor.

Tu és liberta e voas sem precisar onde irás pousar.

Leva-me junto a ti e segura-me para que eu possa planar e sobrevoar até o aconchego de amar.

Sou apenas um ser,desejando fazer voos marcantes,chegando ao infinito,tendo como finito um pouso sobre estrelas,deixando minhas asas
abrirem-se em véus,
como as tuas em exuberâncias ao ápice do céu.

Leva-me junto as tuas asas.....

Autoria-Carmen Lúcia-imagem-centerblog.net.


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Amigos

Amigos

Flores com carinho.

Flores com carinho.