Amar é sentir a sensibilidade de uma flor..

Amar é sentir a sensibilidade de uma flor..
Amar é sentir a sensibilidade de uma flor.

Aos amigos.

Aos amigos.

O meu livro.

28 de novembro de 2014

Saudade em momento de reflexão.

Saudade,sentimento oculto sendo transportado para a alma nesse momento de reflexão.

Um aspirar e respirar,solvendo junto todo o calor dessa emoção.

Saudade,sentimento abstrato desejando ser concreto,principalmente quando aparece no interior de um corpo sofrido.

Junta-se em aderência nesse momento,sem pensar em lágrimas que possam rolar de um amor condoído.

Um amor ainda presente mesmo em ausência do ser amado,mas preserva ainda no coração instantes de paixão.

Sublimes e eternos momentos...onde a saudade... esconde-se,mostrando somente o sopro que ficou de um grande amor.

Ah....saudade quantas vezes deixou corações tristes e amargurados,quantas vezes desejou transparecer uma alegria,mas.... a lacuna fez morada nessa viagem em grande caminhada,dentro de um sentimento chamado......
Saudade......

Carmen Lúcia-imagem-net.

27 de novembro de 2014

Uma voz em silêncio.

Silencio minha voz,e fico observando o cortejar das aves,em ato de amar.

Procuro reviver um passado dos encontros mergulhados,e dos toques dos nossos corpos nas águas em vestes molhadas.

Despercebidos aos olhares,viajávamos contra a maré e trocávamos beijos apaixonados.

Muitas vezes um vento mais impetuoso,levava-nos à beira-mar,ao encontro das ondas completando esse querer e unindo nossas almas em um só viver.

Mas....o tempo passou...e esses momentos ficaram somente em saudades....não somos mais como as aves em cortejos de amar....não mais mergulhamos para um tocar de peles...não mais sentimos aquele arrepiar aderindo nossas dermes.

Essa viagem para o amor fez um breve descanso,e hoje somente fica a cena de dois cisnes em cortejos de amar.

E assim,fico pensando o quanto éramos parecidos nesse viajar dentro das profundezas do amor nas águas do mar.

Fico em silêncio......

Carmen Lúcia-Imagem-centerblog.net.

26 de novembro de 2014

Aniversário do meu Prazer de Escrever.


Hoje dia 26 de novembro de 2014,faz exatamente 3 anos que iniciava muito tímido o meu Prazer de Escrever ou o Mamymilu.
Quantos amigos fiz nessa caminhada,alguns já não constam mais na minha lista,ou por seguirem outros caminhos ou por não desejarem mais compartilhar,mas de qualquer forma agradeço a todos que por aqui passaram e ainda passam,deixando seus comentários em forma de carinhos. 
O meu blog aos poucos foi mudando,e tornou-se um blog de amor,com poemas e poesias sempre da minha autoria.

Hoje possuo,368 seguidores,1.271 postagens e 9.725 comentários.
Fico feliz em compartilhar com todos os amigos esse dia,pois além do blog possuo uma Fan Page no Facebook de apenas 5 meses e já está quase chegando em 2.800 curtidas.
Obrigada amigos que por aqui passam,deixando seus comentários.
Deixo para vocês um pedaço do bolo e uma pequena homenagem.



Aos amigos.
Sinto-me uma princesa,chegando nesse suntuoso jardim,pois logo na entrada sou acariciada por rosas entrelaçadas em cetim,ofertadas a mim.

Em vestes de festa,procuro por todos que devem estar esperando nos ajardinados espaços reservados para esse encontro.

Uma alegria,toma conta do meu ser e nesse momento desejo encontrá-los,para sentir os abraços e também abraçá-los.

E assim selando essa amizade,e sendo observados pelas flores risonhas perfumando essa doce união,ofereço a todos os amigos e irmãos um pedaço do bolo e uma parte do meu coração.
Eu amo todos vocês.
Beijos.
Carmen Lúcia-Imagens-net.

25 de novembro de 2014

Valsa do Amor!

Não tenhas medo,dê sua mão e vamos descer,o baile irá começar e juntos dançaremos a valsa do amor.

 Estás receoso diante de tantas pessoas,e demonstras esse temor,através do aquecer sentido das tuas mãos.

Chegastes de tão longe somente para ser meu acompanhante nessa valsa tão disputada,e desejo uma apresentação triunfante,sendo tua amada e tu meu doce amante.

Desceremos as escadas e entraremos no salão,para rodopiarmos a valsa tão esperada.

Juntos,nos entrelaçaremos e roçaremos nossos lábios as escondidas,mas tu sabes que eu jamais temerei esses beijos trocados feitos diante da corte e nobres convidados.

A música começou e aqui estamos para dançar a valsa do amor.

Tu e eu,juntos no salão receberemos os cumprimentos,e agradeceremos pelos aplausos dos nossos rodopios em mais uma apresentação para a nobre corte.

Valsear ao teu lado é sentir o amor,conjugado sempre com a poesia do verbo amar.

Carmen Lúcia-imagem-centerblog-net.

24 de novembro de 2014

Apenas lembranças!

Pelos campos percorridos,fiz viagens e reflexões,avistei flores presenteadas a ti e aquelas ofertadas a mim.

Sentia ainda em meu corpo,o aroma chegando com a leveza e aragem aromatizada das fragrâncias,transpassando minh'alma.

Despercebida e envolta por momentos vividos de pura complexidade mutua em desejos de amor,o tempo simplesmente parou.

Cada passo,eram retrospectivas dos encontros entre tu e eu.

Cada pisar,era sentir os arrepios do contato de nossas mãos e dessa entrega absoluta de dois seres.

Uma flor,ainda insistia roçar pétalas acariciando minha pele.

Uma lágrima rolava como pingo d'água caído do orvalho,tentando umedecer aquela entre minhas mãos ofertada por ti.

Ah....o regresso dessa viagem deixou somente lembranças dos passeios e palavras de amar  voejando com o vento,ouvindo-se bem longe em sopros,apenas um até breve....


Apenas......lembranças....e a espera dessa volta.


Carmen Lúcia-imagem-centerblog.net.

19 de novembro de 2014

Amor e Paz!


Uma visita chega de repente,esvoaça
suas asas lentamente,com a missão de transformar o
mundo.

Sim,ela precisa nesse bater de asas,trazer a paz que tanto precisamos.

Um elo nos envolve com candura,e recebemos essa energia através da sua presença.

As companheiras ficam em posição de sentinelas, recebendo a entrada da ilustre mestre.

Mestre em sabedoria,sabendo que o mundo necessita dessa transformação.

Uma transformação para irmãos,sem distinção de raça abraçando essa causa com sapiência,tendo a consciência de lutar pela paz e união dos povos, e pacificamente que se deem as mãos,mostrando o amor deixado pelo Mestre Divino,através da presença que hoje se faz presente.

Unamo-nos,clamando para que todos possam junto,formar uma corrente de positividade e irmandade aos povos que necessitam desse ato de amor.

Amor que recebemos e agora devemos doá-lo,para energizar a todos,acabando com tantas barbáries e desamor.

Paz ao Mundo e caridade em prece,são palavras que devem constar em nossos pedidos ao amado Mestre,mas precisamos nos doar,pois para essa unificação,sabemos que não adianta receber se não soubermos doar amor e paz.


Hoje são essas as minhas palavras em meu Prazer de Escrever.


Carmen Lúcia-Imagens-centerblog.net

18 de novembro de 2014

Acordar em novo amanhecer!

Quero ser a musica sussurrando cânticos suaves,para o anjo que adormece ao som dos acordes da harpa.

Quero ser o vento soprando bem devagar,e não acordar os pássaros adormecidos,em repousos de asas.

 Quero ser livre como eles,e dar sobrevoos sobre as notas emitidas em sopros.

Quero ser o brilho das estrelas iluminando o céu,deixando cair respingos em véus sobre corpos.

Um sonho repleto de encantos,levando-me aos  contos,onde me transformo,criando asas e adormecendo ao som do toque suave de uma melodia.

 Fantasias......sem heresias quero ter,até adormecer como os pássaros e anjo,acordando em um novo amanhecer.

Carmen Lúcia-Imagem-centerblog-net.

17 de novembro de 2014

Caminhos pela madrugada!


Chego no silêncio da madrugada,sentindo um frio percorrendo meu corpo e minh'alma.

Procuro vagarosamente pelos caminhos dessa estrada,os rastros deixados por ti.

Caminhadas fizemos cruzando as intempéries do tempo,mas jamais desistimos dos laços que nos abrigavam,em momentos dúbios.

Penso nas passagens percorridas por esses caminhos,e se foram duvidosos por alguns instantes,hoje já não os sentimos mais.

Tu não estás para roçar tua face,mas deixastes como prova de que me amastes,com enlaces dos abraços
 e de mãos entrelaçadas em juras de amar.

Aqui ficarei esperando nessa estrada,por um aceno ao longe dizendo que estás voltando.

Aguentarei o silêncio dessa madrugada tão fria,desse arrepiar da minha pele sentindo saudades,e lembrando cada toque dos teus beijos selados
com desejos.
.
Que seja breve a volta dessa espera no silêncio da madrugada.

Assim refugio-me junto a minh'alma,esperando essa entrega de ser tua amada.

Carmen Lúcia-Imagem-centerblog.net.

14 de novembro de 2014

Palavras ao meu amado Pai!

Hoje gostaria de dizer muitas palavras,mas seriam ínfimas diante da grandiosidade que foi um ser em minha vida.

Meu amado pai,Miguel Raphael.

Amanhã 15 de novembro,se ainda não tivesse feito a viagem,estaríamos comemorando o seu aniversário.

Homem íntegro em todos os sentidos,sempre passou  a mim e a minha irmã lições de vida e como deveríamos nos comportar com as pessoas que faziam parte do nosso rol,e as que não faziam também.

Risonho,adorava brincar principalmente com minha filha que era a neta menor,e tanto ele quanto ela transbordavam amor mútuo.

Nada o abatia,adorava ouvir musicas italianas que relembravam seu País,e muitas vezes nossos diálogos eram feitos na língua mãe dos meus avós paternos.

Pai amado,o Sr.sabe o quanto o amei e ainda o amo,o quanto pude doar amor em vida ao Sr eu o fiz, com muito carinho.

O Sr.nos ensinou tantas coisas meu pai,que ainda hoje passados 20 anos do Mestre o chamar, recordamos das suas palavras e dos dias maravilhosos que passamos juntos até a sua partida.

Que o Mestre esteja junto ao Sr.

Peço a sua benção papai,e com muito respeito lhe envio essa flor repleta de carinho,e saudades.....

Feliz Aniversário.
Sua filha que jamais o esquecerá.
Carmen Lúcia.
Imagem-centerblog.



13 de novembro de 2014

Uma realidade!



Observando atentamente como em um sonho,fico pensando quanto é bela a natureza,pincelada pelas mãos do Mestre.

Não necessitou de pinceis para fazer uma aquarela em cores,nos presenteou com flores que florescem a cada dia e a cada amanhecer.

Nessa tela um remanso d'água,sutilmente mostra o verde das matas,refletindo esse verdejante em todo seu percurso por onde passa.

O ar refrescante da brisa,deixa seu balançar nos galhos enfeitados pelos buquês sorridentes e perfumados,mostrando sua linhagem em tons degradês.

Perfumes enebriam o recanto acolhedor e paradisíaco.

Mas.....preciso voltar,chegando para a verdadeira realidade,onde não encontramos mais essas preciosidades.

Uma pena.....pois o Senhor com suas mãos de escultor as deixou,para que todos pudessem desfrutar esse carinho doado com amor.




Carmen Lúcia-Imagem-centerblog.net.

12 de novembro de 2014

Um bálsamo em corpos molhados!

Recebemos a chuva,como um bálsamo em nossos corpos molhados.

Trocamos juras e beijos apaixonados,diante das águas que caem,não sentindo esse umedecer,pois sentimos o calor das nossas peles aquecer epidermes,em toques arrepiantes.

 Respingos trazidos pelo vento,umedecem nossos lábios em beijos trocados.

Momentos apaixonantes,viajando contra o tempo.

Nada impede,somos o elo de dois amantes,que mesmo com o aguar caído do céu,nos cobrimos em véus pelas águas do amor. 

Amor,palavra aderente em nossos corpos,mostrando transparência dos sentimentos em cada gesto do nosso amar.

Um bálsamo......em corpos molhados.....


Carmen Lúcia-Imagem-centerblog.net.

11 de novembro de 2014

Esperança da volta!

Espero pela tua volta,teu perfume ainda sinto nessa entrega,mesmo nos dias chuvosos fico no aguardo do teu retorno.

Tu fostes e deixastes o aroma,assim eternamente impregnado para que eu não pudesse ter uma revolta da tua partida.

Lágrimas secaram na despedida,somente deixaram mãos umedecidas para aguar a flor,e 
guardá-la como prova desse grande amor.

Ah,mas uma esperança renasce e cresce dentro de minh'alma,acalmando o desejo dos abraços e beijos trocados.

Uma botão chora em não poder desabrochar,uma  pétala adormecida não desperta para esse encontro de amar.

Tudo fica nessa espera de um romance não acabado, e quem sabe será novamente escrito em folhas do destino,onde dois seres se amaram e seguiram outros caminhos.

Carmen Lúcia-Imagem-centerblog.net.

10 de novembro de 2014

Grandeza d'alma!

Minh'alma engrandece,quando delicadamente as abrigo em minhas vestes.

Chegam salpicadas e coloridas,entregando-se como buquês com segurança sobre mãos,e suas
 pétalas sorvem para suas matizes o dourado do sol, e cores do arco-íris.

Cada botão abre-se com os respingos do umedecer d'águas,caídas do orvalho.

Há uma festa entre as camélias risonhas, transbordando seus aromas junto as companheiras dos jardins floridos.

Nada mais edificante e contagiante esse aspirar dos perfumes trazidos pelo vento,e como magia em tempo ágil,encarrega-se transportando-as para
 terra mãe,a um novo renascer essa grandeza d'alma tão frágil.

Camélias nas cores rosa tem o significado de:
''Grandeza d'alma".

Poema-Carmen Lúcia-imagem-Centerblog.net.

7 de novembro de 2014

Dois polos! Aviso aos amigos.


O teu olhar me fascina,e aqui estou nessa entrega de magia quando sutilmente ele cruza os meus.

Perfumes pairam no ar das rosas acetinadas,plantadas e regadas pelas águas do amor existentes entre tu e eu. 

Nossas peles identificam-se quando se aderem,sendo
como duas almas seladas pela derme,em toques levados ao arrepiar desse contato.

Somos levados pelo fascínio de dois polos,onde juntos estabilizam nossos corpos deixando fluir essa entrega.

Dois polos.... que se aderem ao simples toque de peles.

Poema-Carmen Lúcia.imagem-centerblog.

"Amigos,acabei de voltar do médico com o resultado dos exames que fiz,o problema maior está na minha Coluna Vertebral,pois uma das vértebras está comprimindo os nervos que irradiam para as pernas.
Não posso ficar muito tempo sentada,preciso fazer fisioterapia e tomar mais alguns medicamentos,caso contrário se não houver melhora talvez seja necessária uma cirurgia"
Peço que orem por mim e perdão se algumas vezes eu falhar em minhas postagens.
Amo todos vocês.

6 de novembro de 2014

Anseio de amar!

Um sentimento ardente nesse anseio de amar,nossos
corpos são invadidos pelo calor,precisamos resfriar
esses desejos,nessas águas do amor.

Tu e eu chegamos nessa total entrega,pela espera desse reencontro,foram tantos desencontros,e agora
aqui estamos sentindo essa paixão queimando nossos corações,em volúpias de emoções.

União sem hora marcada,momento entregue em absoluta magia ao encontro de duas almas,que ficaram separadas,e agora aqui estão entre caricias, de mãos tão desejadas.

Tu me abraças em laços dos teus braços e murmuras palavras de carinho,eu recebo teus abraços,e te convido pedindo beijos ardorosos,para unir nossos lábios e selarmos esse encontro no abrigo do nosso ninho.
Anseio de amar.....

Carmen Lúcia-Imagem-centerblog-net.



5 de novembro de 2014

Abrigo da Colina!

Sou frágil como as folhagens onde piso,sou leve como o ar que aspiro.

Vejo e sinto,meu corpo dançar ao balanço das ondas, soando sobre as encostas do mar.

Ah... quisera,poder chegar ao encontro das águas entre os rochedos.

Quisera perder o medo,e ser levada por essa brisa,sem receios.

Mas....concisa,sei que o perigo deixa um sobre aviso... seu limite está preciso.

Não posso ir além,mas posso sentir o aroma da maresia e o frescor do vento.

Um vento chegando com frenesi,deixando meu corpo arrepiar,sentindo os respingos d'águas umedecerem minhas vestes,recebendo as intempereis do tempo.

E assim nesse abrigo da colina,vagarosamente inclino meu corpo,e esse sopro passa breve,esvaindo-se  com as gaivotas sobrevoando águas salgadas do mar.

Quisera ser como elas..... e não temer esse voejar.

Poema-Carmen Lúcia-Imagem-ChezAnna.

4 de novembro de 2014

Navegar sobre águas de amar!


De repente e tão envolvente,deixamos nossas peles aos arrepios de toques sedutores.

Palavras de amor sussurramos,e esse aroma de amar faz parte do ar que respiramos.

Amor que transcende.

Loucuras em perfeita harmonia,
transportam-nos ao mundo de seduções intensas.

Cada beijo roubado,é trocado como o sugar do mel,retirado de favos para adoçar nossos lábios.

Um profundo êxtase e quase um levitar nesse prazer.

Mergulhamos ao encanto dessa viagem,sob uma aragem,que delicadamente refresca nossos corpos ardentes.

Somos amantes nessa passagem de entrega,e navegantes de uma paixão,deslizando lentamente entrelaçados sem águas do mar....pois navegamos sobre transparentes águas de amar.

Assim chegamos.... ao porto do amor.

Poema-Carmen Lúcia-imagem-centerblog.

3 de novembro de 2014

Viver em liberdade!


Dou-te liberdade,para que possas voar além do universo.

Dou-te minhas mãos,para que possas pousar e descansar tuas asas.

Dou-te força,para que possas procurar teu ninho acolhedor.

Tua riqueza,é saber voar na certeza de encontrar novos caminhos e outros ninhos,a fim de que possas aconchegar.

Livre voarás.

Em cada flor,saberás solver o néctar,em cada árvore  escolherás aquela que farás teu pouso.

Fico triste em saber das travessias entre colinas,mares e fragas,mas....tu és ativo e provarás a segurança das tuas asas em voos exuberantes,sem temer o inimigo.

Tu és um pássaro liberto ensinando a mim,voos sem medo de viver em perigo.

Carmen Lúcia-Imagem-centerblog.net.

'Liberdade não é fazer o que se quer,mas querer o que se faz"-Jean Paul Sartre.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Amigos

Amigos

Flores com carinho.

Flores com carinho.