Aos amigos.

Aos amigos.

Amar é sentir a sensibilidade de uma flor..

Amar é sentir a sensibilidade de uma flor..
Amar é sentir a sensibilidade de uma flor.

O meu livro.

27 de fevereiro de 2015

Permita-me sonhar!

Permita-me fazer parte dos teus sonhos e ser
 tua deusa,recebendo-te com toda primazia deixarei de lado cortesias,e jogarei meu manto para acalentar teu corpo e juntos caminharemos nesse conto,apesar de ser uma  quimera,seremos levados ao deslumbre dos campos,sentindo todos os aromas espalhados pelo vento e sendo viventes dessa história,como almas gêmeas caminhando pelos prados.

Tu fazes parte desse sonho e assim faremos dele um encanto dos encontros e devaneios,e sem receios seremos cobertos pelo manto jogado a ti para cobrir-te e enlaçar-te junto a mim.

Permita-me ficar nesse recanto e receber dos teus lábios longos beijos,acordando como deusa em vestes de princesa, e repleta de desejos.

Somente tu saberás o momento de sairmos desse sonho,e atravessarmos os caminhos verdadeiros,chegando a realidade,nos permitindo dessa forma sermos amantes de verdade.

Permita-me sonhar!

Carmen Lúcia-Imagem-Centerblog.net.

26 de fevereiro de 2015

As cartas!

Hoje senti vontade de reler as cartas que escrevias a mim,atenta percorro meu olhar,e percebo em cada linha toda delicadeza que tu desenhavas as letras,em modo tão peculiar.

Cada palavra continha e ainda contem o sabor do mel que tu me oferecias do licor dos teu lábios,onde juntos sorveríamos esse doce amor de amar.

Dizias nas cartas que terias que ir,mas voltarias para um dia estarmos saboreando o verdadeiro amor,e com as mesmas palavras eu as redigia a ti.

Foram meses de idas e vindas,de trocas de carinhos de momentos enternecedores e juramentos de amores.

Achávamos que nunca daria certo estarmos tão longe e jamais saberíamos suportar esse vazio,mas os meses foram passando e nossas trocas amorosas aumentando e com isso nosso amor ficava mais unido,chegando finalmente ao dia da tua volta.

Triunfante eu te esperava e confiante sabia que tu eras aquele escolhido por mim,para selarmos em juramentos estarmos juntos até o fim.

Hoje,passados muitos anos ainda guardamos as cartas como prova desse amor.

Agora já um pouco amareladas ainda sentem o perfume depositado em cada folha de papel e o amor que emana nas entrelinhas de dois corações repletos de paixões.

Distantes foram nossas juras,mas tão perto nos pareciam pelo amor existente entre duas almas escolhidas,e abrigadas eternamente.

Carmen Lúcia-Imagem-centerblog.net.

25 de fevereiro de 2015

O Renascer do cisne negro!



Luz iluminando meu corpo,deixando-me ser apresentada como bailarina do primeiro ato,tendo como observadora a lua tímida escondendo-se no final do horizonte,em um simples gesto quase sou vitima na transformação de um cisne negro à nadar nesse dançar,sobre águas do misterioso mar.

Mas....não desejo ser como a lenda,sendo um cisne e ver o meu desfalecer,mas desejo sim o renascer de uma vida como bailarina,ressurgindo dessa magia,deixando-me bailar ao som das águas vindas de alto mar.

O teatro aplaude em pé o renascimento de uma vida através da silhueta impecável e gestos amáveis,quando sem bruxarias sou uma dançarina em movimento não sendo transformada em cisne negro,e suavemente deslizo mostrando meu encanto em cada movimento do meu corpo.

E assim a morte do cisne negro fica somente em lenda,e os aplausos continuam sobre olhares da lua que aos poucos vai sumindo ao fim desse espetáculo.

O cisne negro renasce....em um novo amanhecer.


Carmen Lúcia-imagem-centerblog.net.

24 de fevereiro de 2015

Refém!

Aqui estou refém do teu amor,não sou tua prisioneira,mas
 encontro-me em teus braços para receber teus beijos nesse abrigo de amar.

Tu chegastes e sem hesitar entreguei-te meu amor,não temendo em ser tua e mesmo calados sentíamos abafados sussurros,deixando-nos mudos em olhares expressivos de dois seres vivos,nesse aprisionar de nossas almas.

Vestidos em nobrezas,éramos fugitivos entre as matas,para que não soubessem desses encontros furtivos,mesmo assim não escondíamos esse amor e sentíamos nossos corpos como prisioneiros de uma entrega absoluta.

Aprisionastes minh'alma,para que eu fosse eternamente tua,e assim escondidos te entrego um beijo roubado e apaixonado,para que sejas também meu refém amado.

Carmen Lúcia-Imagem-centerblog.net.

23 de fevereiro de 2015

Paixão envolvente!

Um sopro vindo de longe,um arrepio como se o 
vento passa-se em leve momento,deixando um resfriar em meu corpo.

Aqueço com minhas mãos esse frio sentido,mas descubro que minh'alma deseja aderi-lo,tocando a minha pele e levando-me às emoções dos desejos aflorando todo meu ser,são desejos de querer,um arrepiar como sentisse tuas mãos entrelaçar nossos corpos,e teus lábios sussurrar palavras de amar.

Palavras vindas através desse sopro de uma brisa distante,
fazendo-me sentir essa paixão envolvente.

Envio um sugar do mel depositado pelos teus beijos,para que sintas mesmo através do vento,esse prazer envolvendo meus e teus desejos ardentes.

Paixão envolvente...

Carmen Lúcia-Imagem-centerblog.net.

20 de fevereiro de 2015

Mãos aquecidas!


Aqueça minhas mãos com o calor das tuas,faz eu sentir segura ao apoio do teu colo,junte aos meus pensamentos os mesmos sentimentos que sinto por ti,saiba beber o licor do amor guardado em meus lábios,não temas,veja a luz iluminando o nosso abrigo,é um convite ao castelo dos sonhos ao teu lado.

Tantas vezes pressenti momentos calorosos,em que juntos teríamos esse encontro envolto de paixões,tantas vezes esperei por ti para sentir as emoções que hoje entregas a mim,nessa leveza de amar.

Eu te proponho à sonhar!

Em trajes de cetim,salpicado por luminosos prateados 
visto-me assim para receber-te como princesa e ser tua nessa longa noite de amor,tu sabes que será longa,viveremos esses momentos de encantos ao tocar nossas peles e manter nossos corpos aquecidos,minhas mãos procurando as tuas e as tuas à procura das minhas.
Ah...sensíveis estaremos e completaremos a união viva do elo que nos une,em instantes de prazeres infinitos.

E que perdure.... até a eternidade.

Carmen Lúcia-Imagem-centerblog-net.

19 de fevereiro de 2015

Sentimentos ágeis!


  Somos dois seres sorvendo essa entrega de nossas almas,sem exigir o clarear dessa escuridão somos levados com o mar levemente navegando em ondas de amar,o barco flutua como nossos corpos até beira-mar,chegando aos portos onde a descida é feita sobre pequena luz da lua saindo do obscuro,para tu e eu sussurrarmos juras eternas.

Eu juro!

Segura-te com firmeza meu prisioneiro,e te levarei aos devaneios do amor,somos feitos da mesma argila,mas frágeis como a flor,e quando suas pétalas voejarem ao encontro do vento,essa viagem chega ao ápice de um desfolhar,e nesse instante o aviso é... estamos prontos para amar.

Nossos sentimentos tornam-se ágeis como esse despetalar...mesmo sobre a pequena luz do luar.

Carmen Lúcia-Imagem-centerblog-net.

18 de fevereiro de 2015

Ínfima invisibilidade!


Uma ínfima invisibilidade recai sobre nossos corpos,e ficamos em êxtases nesses desejos de amar,somente silhuetas delineadas,mostram contornos que se atraem.

Ah...mas é tão bom ficarmos quase invisíveis para que nossas almas sintam essa união,mesmo que seja na profundidade desse sopro do prazer,elas transpassam o nosso querer,subtraindo a substância
 de amar,entregando-nos esses momentos de um amor pleno.

Cada beijo trocado e cada abraço,são traços perfeitos dos nossos laços,onde somente nós descobrimos e vemos sem aparências,ficando somente evidências de uma paixão serena.
Uma ínfima invisibilidade.... 


Carmen Lúcia-Imagem-centerblog-net.

16 de fevereiro de 2015

Hortênsias azuis!



Sutilmente descubro-me desse manto vendo rastros deixados por ti,ouço ruídos vindos atrás dos florais das hortênsias azuis e precinto tua presença e esse reencontro... Àquele encontro quando partistes,em recordações tão especiais.

Lembras... Deixastes lembranças plantadas,hoje ornamentam os degraus para a descida nos jardins e nesse local nossos momentos eram somente nossos,onde os juramentos selavam essa paixão dentro de nossas almas,agora perdidas.

Não escondas teu amor,pois sei que sentes o mesmo e desejas esse encontro,somos dois seres que um dia entregaram-se sem medo,tu sempre demonstrastes em teus beijos os desejos sentidos e eu entregava meus lábios sussurrando amar-te com palavras em versos e risos.

E sem heresias...Fico ouvindo os teus passos,esperando pelos abraços junto aos florais das hortênsias azuis,fazendo parte dessa história revestida em prosas e poesias.

Carmen Lúcia-Imagem-centerblog.net.

13 de fevereiro de 2015

Carnaval no Brasil!Reeditando.

Brasil,empolgante e magistral,onde o samba corre nas 
veias,agitando-se mais,nos dias de Carnaval.
Homens,mulheres e crianças,sambam juntos aos desfiles nesse País Tropical.
Os carros alegóricos elaborados por artistas,saem de um povo humilde,mostrando a magia de suas mãos,transformando o enredo em contos,fazendo a bateria dançar com as passistas e mulatas,em avenida a desfilar.

Muitos atravessam o Oceano para aqui aportar e apreciar o Verde,Amarelo,Azul e Branco atravessando verdes mares.

Sou brasileira,com muito orgulho e aplaudo o meu povo sofrido,onde nesses dias de folia,deixam de lado a tristeza,colocando para fora toda a beleza desse imenso País,para que sejam aplaudidos.

Viva o carnaval e divirtam-se nesse mágico mundo de alegrias e fantasias.

Carmen Lúcia-Imagens-Net.

12 de fevereiro de 2015

Sempre sorrindo!

 Desejo enviar para ti com toda a minha irreverência,os sorrisos que te esperam,mesmo sendo em uma longa espera,meus braços se dispersam e voejam chegando a ti para que os receba calorosos e os devolva novamente a mim,e assim alegres seremos unidos nesse entrelaço de emoções.
Tu estás longe,mas nossas almas unem-se nesse calor através do amor,enviado por mim.
Meu corpo esguio envolto em adornos,espera pela tua volta e juntos sorriremos como adolescentes em encontros escondidos.
Com mãos entrelaçadas faremos nossos passeios,escolhendo nessa caminhada,um abrigo para unirmos esses doces sorrisos.
Ah,seremos eternos enamorados,com olhares trocados por juras e beijos apaixonados.
Sempre sorrindo...

Carmen Lúcia-Imagem-centerblog-net.

10 de fevereiro de 2015

Triste rosa perdida.


Triste passagem por onde os caminhos ficaram entre espinhos envoltos na perdida flor,tímida ela começa renascer em minhas mãos,no intuito de receber o calor das tuas.
Como vestes de um poema,cobre-se ao abrir-se ao mundo,e colore-se transformando-se como prosa em estrofes,sendo delicadamente chamada de rainha rosa,tu entregastes a mim,mas não deixastes florescer como nosso amor,e agora sinto ela chorar por sentir essa amargura,quando toco em cada maciez de suas pétalas.
Resta-nos acolhe-la e deixar um bálsamo aquecido por nossas mãos,para que ela sinta ser amada e ser a musa dos jardins,florescendo com o adubo do amor,diante dos encontros das nossas tardes primaveris.
Assim não ficará triste,e abrirá seu colorido a todos os olhares,e como rainha será cultivada novamente,ressurgindo pelos canteiros da vida como nossa flor preferida.

Não será mais uma triste rosa,perdida...

Carmen Lúcia-Imagem-centerblog.net

9 de fevereiro de 2015

Desejos de minh'alma.

Preciso libertar esse prazer nos passeios dos desejos de minh'alma,assim sentirei o afago de tuas mãos e as transporto para dentro do meu corpo como o cingir do instinto,recebendo o calor que sinto ao tocar meus lábios
  nas pétalas da flor que transmitem o sabor do nosso amor.

Passeios e anseios,desejos e toques,refletem saudades dos encontros como águas caudalosas vindas dos rios,para desaguar em seus afluentes.

Insistente faço essa viagem dos nossos corpos,recebendo esse aguar,em momentos de amar.

Duas almas transparentes,navegando sobre rios e afluentes.

Ah...liberto esse prazer concisa em saber que tu também libertarás tua alma.

Carmen Lúcia-Imagem-Centerblog.net.

6 de fevereiro de 2015

Silhueta perfeita!




Silhueta perfeita,sóbria e atenta,e com sua delicadeza a jovem princesa cobre-se sutilmente,deixando apenas meio colo desnudo.

 Rosto em pintura com traços de nobreza,ela espera por seu amado nessa longa viagem ao passado,volta aos tempos de outrora e dessa forma demonstra essa pureza envolta em vestes transparentes,cabelos soltos intercalados por flores da estação.

Deseja reconquistar seu amado,vestindo-se com toques singelos sem muita exposição,tornando-se desejada para a conquista dessa paixão.

Paixão àquele que por sua vida passou,deixando sua alma em lágrimas,mas aí está demonstrando ser inteira em  veracidade,mostrando através de vestes delicadas.

Uma silhueta perfeita,digna de ser observada,apesar da nobreza,seus gestos apenas demonstram... sutilezas

Carmen Lúcia-Imagem-Anna Catharina.

5 de fevereiro de 2015

Passagem do amor!




 Sentir o calor do teu corpo junto aos teus beijos,é sentir nossas almas unidas em desejos,tu chegas com esse olhar doce e me enlaças junto a ti como tua amada,e eu aceito esse abraço envolto a mim,como se fosse o atar de um nó em um só laço.
Nesse mar de rosas,juntamos nossas mãos e nos entrelaçamos nessa união,unidos por uma envolvente paixão quando entregas teus lábios ardentes e eu os recebo selando esse amar tão confidente.
Sopros ouvimos da aragem bem distante,nos avisando que será discreta,passando entre nós sutilmente ouvindo o balbuciar de dois seres amando-se nessa passagem do amor.
Passagem que fica...junto ao frescor da aragem.

Carmen Lúcia-imagem-Anna Catharina.

4 de fevereiro de 2015

O nosso relicário!


Abrindo o relicário fico a relembrar os versos deixados para ti,e os que escrevestes a mim.

Juntos fizemos poemas e poesias com juras eternas enquanto passeávamos pelos jardins,intercalados por flores em tons de carmim.

Muitas cores nos confundiam com o azular das violetas e a brancura dos lírios,mas estavam sempre em sorrisos em todo nosso caminhar,deixando seus rastros em cada rascunho aromas perfumados,ao lado das rosas e dos jasmins.

Tu lembras quando sentávamos nos bancos e delicadamente deixávamos cair sobre os papéis o perfume suave vindo da delicada lavanda,plantada com amor nas floreiras,até o recanto da varanda?

Ah...quanta lembrança há nesse relicário,aromatizado com versos e poemas deixados por dois seres perdidamente apaixonados.

Sobre ele ficaram fragrâncias escritas pelas nossas mãos,que agora faz que eu reviva esse momento ao ler o relicário e viver as passagens de nossas vidas,vividas por uma grande paixão.
O nosso relicário....

Carmen Lúcia-Anna Catharina.

3 de fevereiro de 2015

Dançar para ti!

Esse foi o dia mais esperado,dançar para ti vestir-me em roupas de cetim,dançando no teatro e agradecendo os aplausos oferecidos a mim.

Muito sem jeito e encabulado tu escondes teu rosto,para que ninguém veja o rubor da tua face,mas....não adianta esconder-te pois sabes que esse dançar,será dedicado a ti que és meu eterno amado.

Após apresentar-me ao público ficarei a tua espera,para abraçar-te e beijar-te,e ao abrir das cortinas em que devo reverenciar-me aos aplausos,mostrarei que tu és meu amado.

E assim,abraçados como enamorados,finalmente selaremos esse amor após o grande momento oferecido somente para ti.


Carmen Lúcia-Anna Catharina.

2 de fevereiro de 2015

O arejar do vento!




Sinto o arejar do vento chegando e esvoaçando minhas vestes,levando meu corpo a flutuar,meus cabelos revoltos e minhas mãos entreabertas,esperando tua presença nessa ausência de amar.

Não demores,pois voaremos como aves procurando o abrigo de unirem-se em amor pleno,e assim veremos a calmaria cessar e somente a brisa passará resfriando o calor dessa paixão ardente,deixando-nos tranquilos e serenos,com nossos corpos e almas transparentes,unidas para sempre.

O arejar do vento...passando como uma brisa leve e breve.

Carmen Lúcia-Anna Catharina.



Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Amigos

Amigos

Flores com carinho.

Flores com carinho.