Amar é sentir a sensibilidade de uma flor..

Amar é sentir a sensibilidade de uma flor..
Amar é sentir a sensibilidade de uma flor.

Aos amigos.

Aos amigos.

O meu livro.

30 de março de 2015

Emoções de almas!

Loucuras,desejos ardentes,mãos que se procuram.

Confidentes de corpos e mentes.

Total sensação das emoções de almas.

 Unem-se em posse,extravasam o limite dos gestos em manifestos pela clausura do amor.

Vivem esse momento,com aderências de peles,em toques que aderem.

Dois corpos,dois elos.

Duas almas formando duetos de emoções.

Essa é a união de seres entregando-se como águas de um mar revolto à procura da sua calmaria,chegando ao máximo dos arrepios da epiderme ao completo encontro de amar.


"Obrigada a todos amigos que aqui deixaram carinhos em forma de comentários,volto com o propósito em não mudar o meu Prazer de Escrever,talvez não com tanta assiduidade,mas sempre com palavras de amor àqueles que desejam ler".
Bjs.

Carmen Lúcia-Imagem Google.


26 de março de 2015

Canção da noite! Um aviso aos amigos.



Nossos corpos mais uma vez,unem-se pelo salão no valsear de uma doce canção.
Tu me abraças e nossos olhares se cruzam,pedindo aquele beijo selado em desejos.
Desejos repletos de amor,deixando-nos envolvidos sem precisarmos de ensaios nesse embalo de rodopios.
Cada vez mais a música chega e serenamente entrelaçamos nossas mãos,dançando com emoção e unidos esquecemos que estamos diante de todos que nos observam e aplaudem o encontro de dois amores,vivendo uma grande interpretação.
Sim...interpretar um ato que já existe,mesmo sendo visto por todos,esquecemos que somos os protagonistas dessa cena e libertamos das nossas almas a introdução da canção,pensando somente nesse ardor da palavra sentida que é amar.
Longa noite dançaremos nesse frescor,ao som da música e aos rodopios sentidos pelo nosso eterno amor.

"Amigos a partir da semana que vem,os meus poemas de amor serão cortados dos meus rabiscos,em virtude dos mesmos já não agradarem mais,pois percebo que faço visitas todos os dias e o retorno é ínfimo,talvez até dê uma pausa ao blog.
Obrigada.

Estou me sentindo triste.

Carmen Lúcia-Imagem-center-blog



25 de março de 2015

Águas de um pequeno remanso!


Nesse remanso d'água tento apagar o triste pensar da tua ausência,lembro dos passeios entre as alamedas e dos anseios de alegrias quando nossas mãos se abriam para doarmos carícias,sentíamos o frio do arrepio como se águas de um pequeno rio chegassem até nós através desse remanso,e nos fizessem reféns desse amor.

Ainda sinto esse frenesi suave tocando meus pés,sinto a tua presença,mas...tu não te apresentas e a tristeza toma conta do meu ser.

Não desejo entristecer,e espero sempre pelo amanhã,pois sei que virás junto a mim,e longos passeios faremos entre as alamedas e os jardins.

Veremos em duplicidade nossos reflexos,mostrando nossos corpos em silhuetas perfeitas e formadas pela candura que passam nas águas... de um pequeno remanso.

Carmen Lúcia-imagem-centerblog.net.

24 de março de 2015

Versos de Amar!

Aqui estou para entregar-te as flores que ficaram da última estação primavera,estão um pouco desfalecidas,mas ainda aromatizam o ar à espera da tua presença,para compor os versos de amar.

Juntos faremos um dueto de mãos em cada linha,colocando nas entre linhas...o quanto exalamos os aromas deixados por elas em inspirações rabiscadas,por dois seres amados.

Eu sou a poesia e tu és os versos transcritos nos rascunhos,e hoje busco deixá-los juntos na composição feita sem rimas,mas com a clareza em cada estrofe.

Amar,com a sensibilidade de um poema,amar com a delicadeza de uma poesia,em fim amar na conjugação do verbo.

Eu te amo e te espero para entregar-te as flores que ficaram da última estação primavera,um pouco tristes,mas ainda conservam essa esperança da espera,para reavivar o amor em versos de amar.

Carmen Lúcia-Imagem-centerblog-net.

23 de março de 2015

Viventes apaixonados!


Relembro instantes vividos junto a ti,em cada canto percebo o encanto feito em entregas,oferecidas a mim.

 Como outrora revivo os desejos contidos em nossas almas, emergem das profundezas dos nossos corpos esse amor eterno,em vivências nas entregas de agora.

Trocas de beijos adoçados com o néctar da mais pura flor,e abraços selados nesse pacto do amor.

Reviver esses momentos por elos intocáveis,ficam eternamente lembrados por dois seres amantes nos instantes de amar,em puro êxtase de viventes apaixonados.

Carmen Lúcia-Imagem-centerblog.net.

20 de março de 2015

Dias de Outono!

Dias de outono em que as folhas secas caem,e são tapetes em passagens de jardins.

As borboletas já não pousam com alegria entre as flores,e não ouviremos mais o cantar dos alegres bem-te-vis.

Cigarras emudecem,e não cantam ao entardecer,um recolher dos pássaros em revoadas procuram agasalhar seus filhos
aconchegando-se aos ninhos.

Os rios desaguam tristes,sabendo que as lindas margaridas e as rosas estarão morrendo,não fazendo mais parte dos versos e prosas.

Já não vemos as violetas coloridas e tão pouco os imponentes jasmins,mas vemos em sorrisos e altaneiras as majestosas quaresmeiras.

Ah,outono que chega em tardes mais amenas!

Sejam bem vindos seus dias,onde a natureza aprofunda-se em suave sono.

Carmen Lúcia-Imagem-centerblog-net.

19 de março de 2015

Preconceito e desigualdade"!





Nos encontramos como dois adolescentes em furtivos passeios,como se estivéssemos com medo do nosso segredo,tu sabes que ele nos cerca e nos aprisiona,pelas razões que somente a ti confessei e jamais confessarei a outrem.
Tuas mãos estão tão frias,e meu corpo aquecido deseja aquecê-las e mantê-las junto a mim,não importa se não és da corte,mas teu porte para mim és de um nobre.

Adiante avistamos a principal entrada,repleta de guardiões como verdadeiras estátuas em armaduras,erguem-se imponentes para que tu não entres sem a licença da realeza,mas eu aqui estou para contigo adentrar,e juntos iremos enfrentar essa luta pelo preconceito e desigualdade de não poder amar-te.

Seremos eternos amantes,mesmo que sejas barrado,...e tu serás sempre o meu nobre amado.

"O preconceito e a desigualdade se desfaz,se há uma verdade mútua."

Carmen Lúcia-Imagem-centerblog.net.

18 de março de 2015

Poesia do amor à beira-mar!



Tu sabes que és meu amor,chegas tão irreverente com tuas mãos entrelaças meu corpo e convidas em sopro para que eu te acompanhe em um passeio pisando em águas do mar,nesse pisar as ondas chegam em um vai e vem deixando tu e eu apenas tocar nossos pés nas ondas,como se estivéssemos pisando em pequenos igarapés,mas...aqui estamos diante de águas salgadas,exalando maresias e recebendo o dourado do sol como inicio de uma poesia.

Sim,poesia de amor sob o aquecer do rei,chegando ao amanhecer e poetizando em nosso ser,e juntos apreciaremos seus raios enviados a nós,vindos de alto mar.

Ah...como é bom ficarmos diante desse espetáculo,sem dizer nada,apenas de mãos unidas e aquecidas pelo calor
vibrando dentro de nossos corpos,nos mostrando essa imagem,para sussurrarmos...palavras de amar e receber o aquecer dessa poesia do amor à beira mar.

Carmen Lúcia-Imagem-centerblog-net.


17 de março de 2015

Sou forte como o vento e leve como a brisa!

Sou forte como o vento e leve como a brisa,voejo como plumas mas se preciso vou à luta nesse meu caminhar,com garras de um pássaro quando aprisiona sua caça.

Desejo expor meus sentimentos através de minhas mãos,
 que hoje aqui estão para sorver essa tranquilidade pelos gestos que faço.

Cada movimento fica submerso dentro de minh'alma,
transportando-me para outro universo.

Adormeço em profundo êxtase,esperando acordar em caminhos leves como um levitar de sonhos,emergindo para 
ser:

Forte como o vento e leve como a brisa,nesse voo dentro do meu espaço de viver.


Carmen Lúcia-Imagem-centerblog.

16 de março de 2015

Reencontro de almas amantes!


Rubro é o manto vestido a ti para receber-te sobreposto em meu colo desnudo,mostra apenas o sentimento
 de minh'alma transbordando e calando minha voz nesse olhar aos ruídos do mar.

Ouço a calmaria vinda pelo cessar da brisa,e o acomodar nesse revoar das gaivotas.

Bem perto,saúdam o universo com o bater de asas,chegando próximas a mim,como se estivessem ensaiando o bailado do amor.

Procuro por ti,mas somente vejo as visitantes ao encontro de um refúgio repousando suas asas e voltando ao voo nupcial,tu sabes que me recubro com vestes,para acalmar meu corpo pedinte,e nesse visual permaneço inquieta, ouvindo o soar das águas batendo entre fragas.

E nessa espera incensante,o que acalma minh'alma é o revoar das dançarinas sentindo o clamor desse amor,e deixando esse espaço vazio para que eu ouça em ecos teus passos bem próximos a mim,ao reencontro de almas amantes em momentos do aguardo como elas pousando à espera dos amados,por um esperar sem fim.

Assim será o reencontro de almas amantes...

Carmen Lúcia-Imagem-Centerblog.net.

13 de março de 2015

Homenagem ao dia Nacional da Poesia-14 de Março-Imaginação de um Poeta!

Como poeta,voarei com asas da imaginação.

Pisarei entre nuvens de algodão,e transformarei em magia essa doce ilusão.

Minhas asas,colorem-se junto aos raios dourados do sol,e ao azul do céu em leves filetes prateados.

Começo a planar em pleno ar.

Vejo a lua sorrindo e abraçando eternos enamorados,estrelas caindo e cintilando sobre a terra e folhas molhadas.

Bem devagar,minh'alma rabisca em rascunhos,letras descritas em próprio punho.

A ilusão transforma-se,e dessa forma crio e invento.

Na imaginação de um poeta,ele faz descobertas.

Deixa nas entrelinhas...a carícia de sorrisos alegrando olhares em suaves rabiscos. 

Em doação de amar,entrega um poetar àqueles que
 desejam ler e sonhar.

E nesses sonhos,quem sabe cria e recria essa linda magia em sabor de festa,feita pela imaginação de um poeta.


Parabéns a todos os poetas e poetisas pelo dia Nacional da Poesia-14 de março de 2015.

Carmen Lúcia-Imagem Google.

12 de março de 2015

Lágrimas de uma canção!

Aos acordes da harpa,sou transformada em tua musicista,deixando meu dedilhar ir aos poucos tocando a nossa canção preferida.
Nesse momento o silêncio dá lugar aos toques dos sons,que suavemente suspiram esse amor tão ausente.

Minhas mãos erguem-se para transmitir o choro,que lentamente é absorvido pelo vento,fazendo chegar junto a ti em um atravessar dos mares procurando a tua presença para que ouças mesmo distante,o saltear dos meus dedos em cada gesto que faço,nessa longa distância.

A canção é a mesma que tu sempre gostavas de ouvir,mas...
hoje estás tão longe e quem sabe não ouvirás,e assim o silêncio dá passagem às lagrimas que insistem rolar.

Continuo lentamente nesses acordes,enviando-te mesmo que seja pela brisa forte,o suspirar do choro de uma harpa, emitindo triste a canção dos nossos dias em que tu
amorosamente dizias...um dia estarei aqui para ouvir o teu dedilhar com poesias e acordes de amar.


Carmen Lúcia-imagem-centerblog.

11 de março de 2015

Mensageira da Paz!

Nobre esperança se faz nesse meu caminhar através da tua presença,demonstrando em rica beleza a existência da paz,sobrevoas com naturalidade erguendo-te altiva nesse abrir de asas,mostrando o rumo certo em que devo percorrer,sem incertezas o meu viver.

Não coíbo tua presença e tão pouco fico inibida,nessa aventura de caminhar junto a ti,levando-me a seguir em passos apressados ao encontro dessa esperança,uma aliança de paz que tu me passas ao caminho certo.

Leve como esse voejar,és pluma solta ao vento edificando meu pensamento em positividade,e sem constrangimento.

Quero encontrar junto a ti essa sobriedade em alvura,perfazendo em cada gesto do teu esvoaçar,sutis manifestos de ternura.

Tu passas em rodopios um dançar da grandeza de tuas pequenas asas,mas sabes demonstrar que és mensageira da paz.

Carmen Lúcia-Imagem-Claudinedu.

10 de março de 2015

Sonho ou realidade!


 Confesso que não esperava por ti,chegas tão de repente e com esse ímpeto de paixão,abraça-me deixando teu rosto roçar minha pele,e meu corpo estremecer de emoção,às caricias que me ofereces levando-me ao ápice dessa sedução é permeada por trocas desse amor quando tu me tocas,sinto o calor embriagador de tuas mãos,e arrepios tocantes chegando aos fios dos meus cabelos revoltos,e assim bem perto tu sentes o sabor dos meus beijos e dos nossos desejos.

Um luar nesta noite fria aquece esses instantes,e adormece deixando-nos somente uma pequena claridade,para que juntos possamos concretizar esse sonho de amar,e embalados nesse sonho repleto de amor,tu ofereces em um pequeno afago sussurros que estarás sempre ao meu lado,mas...será sonho ou realidade?

Meus olhos estão cerrados e não desejo acordar desse romântico sonho dourado,pois somos amantes dos dias ensolarados,das noites enluaradas e dos sonhos talvez agora,convertidos como estórias de príncipes e princesas,prometidos à realeza em contos de fadas.

Carmen Lúcia-imagem-Claudineddu.-


9 de março de 2015

Versos soprados!

Revivendo momentos,sou transportada para uma viagem dentro de minh'alma,cada passagem é um soprar de uma aragem refrescante levando-me ao mais puro êxtase,meus pensamentos sobrepõem-se nesse universo,deixando-me suplicar para que sejam soprados os versos que ainda ficaram para tu delinear em linhas,aqueles descritos a mim.

Meus desejos são pedidos,para que continues os rascunhos perdidos entre linhas,formando poemas e poesias.

Somente tu saberás compor cada estrofe,e deixaras em cada rima a suavidade do nosso amor e o perfume de cada flor.

Minh'alma agradecida será companheira da tua,e assim julgaremos o término dos versos refeitos,como companheiros e cúmplices desse amor perfeito.

Versos soprados...

Carmen Lúcia-Imagem-Google.

6 de março de 2015

Dia Internacional da Mulher-8 de março-reeditando.



Domingo dia 8 de março de 2015,comemoramos o dia Internacional da Mulher.
Ser mulher,é ter a grandiosidade para conquistar o mundo.
Ser sempre mulher!
Aquela que dá luz a um ser.
Aquela que por amor adota um filho,dando-lhe
carinho e amparo.
Aquela que trabalhou e conquistou tudo,para que pudesse ter uma vida digna.
Não é preciso ser o dia Internacional da Mulher,para 
sermos lembradas,e a todas as mulheres
reverencio-me,ricas ou pobres,de qualquer etnia.
Aquelas que são mães,e as que desejam ser.
Mulher,é a rainha que comanda o castelo da 
vida,junto aos seus familiares.
Sou mulher com muito orgulho.
Parabéns a todas mulheres,incluindo minha pessoa e minha amada filha.

"Feliz dia Internacional da Mulher"

Para todas as mulheres ofereço essas rosas com muito amor.

Carmen Lúcia-Imagens-centerblog.net.

5 de março de 2015

Confidências!


Espero por ti,sabendo que estás atrasado para um pacto que fizemos,nosso encontro seria antes da lua adormecer,mas não vejo teu vulto e nem ouço teus passos,e já começa anoitecer.

Visto roupas de festa,cubro meus cabelos em adornos e tu não chegas,me deixas angustiada,a mágoa refugia-se dentro do meu ser.

Sou tua amada e isso não poderia acontecer,nossas juras foram sempre declaradas após o romper das madrugadas.

Demonstro que ainda sinto um amor ardente à espera do meu confidente.

Aqui te espero meu amor eterno,para as juras que iremos compactuar,mesmo que seja nessa longa noite de luar,mas... gostaria que fossem confidências,quando o dia estivesse iluminado pelo sol com seu dourado,para a declaração de duas almas e dois eternos enamorados.

Carmen Lúcia-Imagem-centerblog.net.

4 de março de 2015

Além do limite do amor!

Sustenta-me em teus braços,envolve-me com teus abraços,sinta o perfume dos laços que nos une em um só corpo,somente a ti com esse sopro sussurrando em minha pele,entrego-te minh'alma e sentimentos que aderem.

Fizemos juramentos eternos recolhendo esse calor,
 para juntos deixá-lo transpor além do limite do amor,essa substância perfumada sorvida das nossas entranhas como gotas de um licor.

Licor saboreado pelos beijos trocados entre dois seres amados.

Sentimos e temos o direito de nos enlaçarmos como elos perfeitos,e cada vez mais essa junção será única,pois a nossa vida é repleta de cumplicidades,sendo amantes completos em toda nossa existência,com paixões e verdades,para seguirmos nossas vivências até o fim de uma eternidade.

Além do limite do amor...


Carmen Lúcia-imagem-centerblog.net.

3 de março de 2015

Entre rochedos!

 Acomodo-me entre os rochedos,e sem medo a minha procura é incessante e,aguardo o aviso de barcos navegantes,trazendo noticias vindas de além mar.

Sumistes entre fragas,apenas vejo ondas espumantes ao encontro da fina areia,desfazendo-se entre as águas.

No entanto perdida já sem rumo,avisto ao longe a pequena embarcação que o vento embala em prumo suas velas tremulando e mãos acenando que não estás perdido,e meus olhos umedecidos pelas lágrimas de alegria,aguam as esquecidas flores,já quase desfalecidas aos aromas de maresias.

Tu fostes para uma viagem,e corajoso enfrestastes tempestades e talvez não mais voltasse,e eu carregando essa coragem,procurei não demonstrar o quanto
tu me deixavas triste em saber que não poderia ver mais teu rosto e mãos acariciando meu corpo.

Mas...em leve sopro,o destino não quis,e tu voltaste ao teu porto e agora estás chegando bem próximo aos rochedos para enlaçar-me em teus abraços jurando nunca mais me deixar em viagem sem rumo,pelas encostas do mar.

Carmen Lúcia-Imagem-centerblog.net.

2 de março de 2015

Jardim das rosas amarelas!

Saudades dos tempos vividos,dos encontros nos jardins entre as rosas amarelas,aquelas que foram plantadas por nossas mãos como verdadeiras pinturas em aquarela,sentada fico à pensar o quanto esse roseiral floriu nossos caminhos,o quanto nos abrigávamos entre elas,mesmo sabendo que haviam espinhos os retirávamos bem devagar e delicadamente sem nos machucar nos recolhíamos nesse aconchego,para encontros de amar.

Rosas amarelas,sempre sorrindo abriam suas pétalas  sabendo que seríamos acolhidos entre elas como amantes,dentro desse jardim de amor em aromas inebriantes. 

Ah...saudades morando nesse jardim secreto,escondendo segredos de almas em juras perpétuas,aqui fico
 pensativa aguardando o dia que elas sorrirão em novo amanhecer perfumado,avisando-nos que encontram-se a nossa espera,e assim novamente iremos adubá-las para florescerem na distante estação primavera.

Rosas amarelas...sorridentes como nossas almas  transparentes.

Carmen Lúcia-Imagem-Anna Catharina.



"Que Deus não permita que eu perca o romantismo,mesmo sabendo que as rosas não falam"

Francisco Cândido Xavier.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Amigos

Amigos

Flores com carinho.

Flores com carinho.