Amar é sentir a sensibilidade de uma flor..

Amar é sentir a sensibilidade de uma flor..
Amar é sentir a sensibilidade de uma flor.

Aos amigos.

Aos amigos.

O meu livro.

30 de dezembro de 2016

Feliz Ano Novo.

 Um Novo Ano se aproxima e muitas conquistas desejamos.
Mas,nem sempre são realizadas a contento,pois alguns tropeços aparecem durante a nossa caminhada que continua em progressão ao Ano que se aproxima,e dessa forma temos que caminhar,mesmo que sejam difíceis
 ultrapassá-los. 
Lutar para que esses tropeços não nos façam cair e sim subir os degraus e chegarmos ao ápice do que idealizamos.
Saúde,Amor,Esperança,Paz e muitas alegrias.
Façamos uma retrospectiva de tudo que passamos,seja no âmbito familiar,ou com os amigos que conquistamos e também com aqueles que nos decepcionamos.
 Na medida do possível relevemos se mágoas ficaram.
Esse é o momento de  nos apaziguarmos e refletirmos!
Desejo a todos os amigos virtuais,e também aos que ficam no anonimato com suas visitas,um 2017 maravilhoso e que possamos estar juntos novamente mais uma vez aqui no meu Prazer de Escrever.
Queridos,vou dar um tempo ao blog,pois sairei alguns dias em férias,mas se o Mestre assim me permitir,voltarei com as minhas Pérolas Poéticas.

Obrigada e um Feliz Ano Novo que nascerá,dando-nos mais:

 Confiança e Esperança.

Até a volta!




Carmen Lúcia-Direitos Autorais-lei 9.610-Imagem Claudinedu-centerblog.



26 de dezembro de 2016

Cânticos Silenciosos.



Deixaste a tua presença em cada dedilhar,mas o piano hoje chora por não encontrar aquelas mãos deslizando a cada nota de amar.
Poemas e poesias em canções fizeram parte dessa arte,ficando na pauta o sentimento e a delicadeza da melodia tocando junto as nossas emoções.
Uma flor preferida era a musa presente e
 tornava-se inclusa nesse amor agora um pouco ausente.
Cânticos silenciosos ouviam-se atravessando o ritmo e transformando-se em dançarinos e assim...Estendiam-se ao toque do nobre piano como figurantes de um espetáculo,que hoje fecha as cortinas,para quem sabe um dia...Possa ser dedilhado por mãos esquecidas em uma triste despedida.

Carmen Lúcia-Direitos Autorais-lei-9.610-Imagem-Cabschau-centerblog.

20 de dezembro de 2016

Natal!




Mais uma vez estamos chegando próximos ao Natal.
Mais uma vez nos preparamos para a grande ceia.
Mas,será que todos nós estamos preparados para receber o Menino Jesus em nossas casas?
Não será a mesa farta,nem tão pouco os presentes que devemos preparar,mas sim a adoração e agradecimento a sua vinda,pois Ele nasceu humilde,em um pobre casebre e veio ao Mundo para nos mostrar a sua sabedoria Divina.
Seus ensinamentos nos propõem doarmos amor e agradecermos pelas dádivas recebidas.
Sejamos todos humildes e saibamos ofertar como Ele nos ensinou esse amor não somente na noite de Natal,mas sempre que chegarmos aos mais pequeninos que precisam de um acolher,precisam de um prato de comida,precisam da mão estendida para receberem essa doação de amor.
Amar ao próximo é saber dividir o pão de cada dia a outrem.
Que possamos na linda noite de Natal abrir nossos corações e ofertar além das orações em agradecimentos,nossas mãos àquele que bate a nossa porta,pedindo para entrar e participar da grande Ceia,que é:

"Amar a Deus e ao seu filho amado o Mestre Jesus."

Feliz Natal a todos os amigos,e uma linda noite de Natal com muita doação de amor ao próximo".

Carmen Lúcia-Direitos Autorais-lei-9610-Imagens-Mamietitine-centerblog e Google.


 

16 de dezembro de 2016

Bálsamo da entrega sem Limites.



Tu beijas a minha fronte com amor,e assim cerro meus olhos para que possamos nos sentir por inteiros nesse ato de amar.
Completos como a delicadeza da gota de orvalho caindo e umedecendo as pétalas de uma flor em seu aguar,nos tocamos em desejos selados por longos beijos a nos unificar.
Sorvemos juntos esses instantes embriagados pelo sentimento de dois seres apaixonados.
 Chegaste repentinamente.
E delicadamente entrego a ti,todo o prazer que deixas a mim. 
Purificamos nossos corpos pelo bálsamo da entrega sem limites,e nos convidamos a chegarmos nessa unificação,com o sopro da nossa paixão.
Selamos esse ato,com o contato arrepiante de dois amantes,sentindo-nos por inteiros...
Completamente inteiros.

Carmen Lúcia-Direitos Autorais-lei-9.610-Imagem Eylidis-Kiss-Google.




12 de dezembro de 2016

Como vou adornar a minha Árvore de Natal?VII-Interação Fraterna de Natal.




A minha Árvore de Natal é muito simples e não precisa de tantos adornos.
Os enfeites são pequenos para que ela possa suportá-los,mas em cada um colocamos muito amor. 
Fizemos o Presépio ao lado,e quatro domingos antes do Natal, nos posicionamos em flexões e orações,lendo uma passagem do Advento para  no dia 24 de dezembro à meia noite,colocarmos na manjedoura,a imagem do Menino Jesus.
Sabemos que para receber o Menino Jesus,não há necessidade de tantos adornos,pois ELE nasceu  em um local bem humilde,e nos mostrou amar a todos nós da mesma forma,sejam com árvores muito adornadas ou um ínfimo pinheirinho,mas que haja nos corações,amor a Deus e ao próximo.
Que todos nós possamos entender o que significa a palavra Natal.
Que não falte o pão ao pedinte e que a mesa seja farta de amor,caridade e doação.
Os presentes,são as orações aqueles que precisam,como para um doente acamado,ou a uma criança carente.

E como diz Jesus em uma das passagens do Advento:

"Todas as vezes que fizestes isto a um destes meus irmãos mais pequeninos,foi a mim que o fizestes"

Aqui fica a minha participação a convite da amiga Rosélia de:

 "Como vou adornar a minha árvore de Natal,nessa VII-Interação Fraterna de Natal":

"E não esqueçamos os ensinamentos do nosso Mestre Divino que veio ao Mundo para nos salvar,e nos fazer compreender,que a humildade terá que fazer parte das nossas vidas,ofertando sempre
  muito amor a todos os nossos irmãos".


Feliz Natal a todos.
Obrigada.

Carmen Lúcia-Imagens-Rosélia e arquivo pessoal.





8 de dezembro de 2016

Silêncio da Espera.




Distante como o pôr do sol,espero-te em nosso porto de abrigo.
Tu fizeste a promessa,e aqui estou sem pressa,vendo através das réstias a luminosidade que mostrará tua imagem,sem que seja uma miragem.
Lembranças chegam dos nossos encontros nesse mesmo lugar.
Ah...Lugar em que aproximávamos nossos corpos,na total entrega de nos amar.
Amar,mesmo sendo no entardecer...Ou no amanhecer...
Cada vez mais precinto tua chegada,e como a luz caindo sobre o mar,nosso reencontro será um novo renascer das juras que fizemos quando na despedida da tua partida.
E assim...Aqui fico observando atenta a tua volta,e ouvindo o silêncio da espera pairando no ar,com a esperança da tua chegada vinda de alto mar.
Silêncio....Da espera...

Carmen Lúcia-Direitos Autorais-lei.9.610-Imagem Google.

5 de dezembro de 2016

Somos Inseparáveis.




Inseparáveis,como as ondas e o amar.
Incontroláveis,como o vai e vem das espumas quebrando-se à
 beira-mar.
Unimo-nos nesse balançar agitado,e nossas palavras se calam em breve troca de olhar.
Deixastes as pegadas na areia...Tu vieste de longe,ali perto do poente no fim do horizonte.
E agora aqui estamos como em momentos de outrora.
Inseparáveis como as ondas do mar.
Incontroláveis,como o vai e vem das espumas quebrando-se à beira-mar.
Sensação eloquente de um amor ardente.
Como o arco-íris que desponta no céu,nos transformamos em cores,cobertos pelos requintes dos mantos em véus.
Somos ...Inseparáveis.

Carmen Lúcia-Direitos Autorais-lei-9.610-Imagem-Google.



2 de dezembro de 2016

A mensagem.



Por um raio solar nos aquecemos,e cobertos por esse manto nos prometemos.
Juramos fidelidade,e através dessa cumplicidade,cerramos nossos olhares nesse ímpeto sereno de um amor pleno.
Nossos corpos sentem esse calor percorrendo peles,e quando se encontram,permanecem inertes para receberem os arrepios aos poros que se abrem e se aderem.
Envolvente momento junta-se a nossa união,e resplandece como as réstias em profusão e paixão incandescente.
Magistrais sentimentos deixam-nos sonhar,e pedimos em confidências que não se acabem os prazerosos instantes de nos amar.
Tu lês meus pensamentos e sabes que te dou esse consentimento.
Ah...Podes percorrer e lê-los por inteiros...Entre nós não há mensageiros que possam decifrá-los,somente tu sabes o que guardo,entregando-te com a mensagem...
Amar-te-ei,mesmo que seja no final da nossa passagem.

Carmen Lúcia-Direitos Autorais-lei 9.610-Imagem Cabschau-centerblog.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Amigos

Amigos

Flores com carinho.

Flores com carinho.