Amar é sentir a sensibilidade de uma flor..

Amar é sentir a sensibilidade de uma flor..
Amar é sentir a sensibilidade de uma flor.

Aos amigos.

Aos amigos.

O meu livro.

15 de maio de 2017

Inteiros e completos.




Entre o limite do céu e do mar,nossos corpos se encontram em busca de nos amar.
Um calor invade esse sentimento e
 recolhemo-nos na profundidade dos desejos.
Sobre águas límpidas repousantes na areia pelas ondas,mergulhamos dentro dos afagos e silenciosamente entre os contornos dos nossos lábios depositamos selados beijos.
Uma entrega sem retaliações,sem subjugo,inteiros e completos.
Irresistíveis momentos nos atraem e 
manisfestam-se em bálsamos,deixando-nos calmos como o sol que de repente,adormece aquecendo o poente.
Somos dois em um,formando a unificação de almas e de juras palavreadas aos sussurros,em mútua paixão.

Carmen Lúcia-Direitos Autorais-lei.9.610-Imagem-Google.



12 de maio de 2017

Mãe em todos os sentidos.



Mãe,tu embalas em teu corpo teu filho amado.
Em vigília o adormeces,e orando em preces pede ao Mestre,para que ele possa seguir a vida por caminhos certos,desviando-o dos incertos.
Mãe,tu sabes que mesmo pedindo,ele está sujeito às adversidades, mas com teu afetuoso olhar,tu transmites em um sussurrar,para que ele consiga atravessar essa ponte e seguir o caminho das verdades.
Mãe seja de qualquer etnia,de coração ou biológica,tu serás sempre mãe,aquela que perde noites velando o sono quando pequenino e noites ficando à espera com lágrimas a rolar,à volta ao aconchego do lar.
Mãe,tu és mãe em todos os sentidos.
Graciosa,amorosa,convicta e afetuosa.
Mãe,mulher que entregas o filho para guerrear,mas se puder vais à luta por sentir no coração o ímpeto de tanto amar...
Simplesmente por ser mãe.

Amigos,domingo dia 14 de maio de 2017,comemoramos aqui no Brasil o dia das mães e aqui deixo um pequeno poema de minha autoria,desejando a todas um Feliz dia das Mães e que o Mestre as abençoe por essa dádiva tão Divina que é ser mãe,de coração ou biológica.

Meu neto,Eu e minha Filha. 

Carmen Lúcia-Direitos Autorais-lei.9.610-Imagem Arquivo Pessoal e Google.



8 de maio de 2017

Essência.




Essência que recebo de ti,e aspiro como um sopro de vivência.
Deixas como entrega teus lábios e assim peço-te licença para 
selá-los,com beijos que esculpem minha boca,na travessia de uma paixão louca.
Amar-te é a plenitude de viver e sentir a delicadeza de sobrepor minhas mãos em tua face,e sem disfarce,tu a ofereces como prova da união desse nosso enlace.
Cada palavra suspirada ascende à chama que nos aquece.
Em troca de olhares,buscamos ser completos,procurando vivenciarmos como um mar aberto que se predispõe a receber águas das nascentes,abrindo-se aos impasses dos desejos aos encontros abertos das marés crescentes.
Essências trocadas pelo vai e vem de corpos naufragados na imensidão do amor e pela volúpia exigida sem fim.
Somos assim!

Carmen Lúcia-Direitos Autorais-lei.9610-Imagem-Google.





5 de maio de 2017

Revoadas.





Como os pássaros,inclino meus braços para 
receber-te nessa caminhada sobre a relva molhada.
Sinto o esvoaçar das asas em um convite para juntar-me a essa revoada.
Mas.. Meu corpo se abstém dessa fantasia e reage aos gorjeios das aves.
Suaves e com a delicadeza que lhes impõem,elas ensinam esse ritual,como sendo uma dança magistral.
E assim,aprendo manifestar-me diante de ti,deixando meu corpo  
 atrever-se aos compassos dançantes para cumprir a desejada dança nupcial de amantes.
Aqui te espero,sem pensar que seja uma quimera esvoaçante.

Carmen Lúcia-Direitos Autorais-lei-9.610-Imagem-Google.



2 de maio de 2017

Seiva do Amor.


Sobre corpos unidos,encontramos a seiva do amor.
Como a flor que precisa em seu caule desse nutriente,dois seres amantes necessitam dela para nutrirem-se e dar por iniciada a entrega desejada com a perfeição e o sabor da paixão.
Entre os labirintos o caminho se faz pelo instinto,
e assim...
 Libertam-se nessa entrega,pela fúria  percorrida  junto à seiva que os espera.
Ardentes confidências se evidenciam aos contatos de peles.
Arrepios aderem-se e juntam-se aos poros por sopros em pensamentos e quimeras.
Amantes em deleites dos desejos procuram-se aos abraços e beijos.
Loucos e roucos por tantas palavras decifradas,o nutriente se apodera como ninfa,para habitar dentro dos corpos,
 percorrendo-os por inteiros,chegando ao limite para que sejam sugados em todos os meandros e espaços ao absoluto prazer de amar e serem amados.

Carmen Lúcia-Direitos Autorais-lei-9.610-Imagem-Claudinedu 1200-centerblog.


27 de abril de 2017

Julgo ser esse o momento!




Julgo ser esse o momento!
Disperso o pensamento e fico a tua espera,cobrindo contornos do meu corpo com fragrâncias vindas através do tempo.
Pelo vento pela chuva ou pela brisa suave,nada importa  e sim a suavidade de ouvir teus passos.
Abraços sentidos serão entrelaçados dentro dos nossos sentimentos,e preencherão as frestas desse espaço em algum momento.
Sim...Julgo ser esse o momento!
Suave canto ouço ao longe e me encanto,sabendo que esse chilrear é para anunciar a tua chegada.
E assim...Amada,sentirei tuas mãos novamente deslizando à procura das minhas em união de amantes.
Estás tão próximo,como o balançar das flores que desfila, no manto do meu descanso.
Julgo ser esse o momento!
Não demores,pois aqui te espero para cobrir-te de beijos,desejos e juramentos.

Carmen Lúcia-Direitos Autorais-lei-9.610-Imagem-Laviedikiki-Centerblog.


25 de abril de 2017

O nosso grande dia!








Mais um ano se passou e estamos comemorando o aniversário da nossa união.
Meu amor,meu marido,meu amante,meu irmão e companheiro,as minhas palavras são ínfimas diante do nosso grande amor.
Dia 25 de abril de 1970,estávamos jurando amor eterno e hoje,25 de abril de 2017, passados 47 anos,continuamos com esse juramento,pois diante de Deus e dos homens a cumplicidade mútua é para uma vida eterna.
Não preciso dizer a ti que é a minha razão de viver.
Do nosso amor,nasceram os frutos que tanto amamos nossa filha,genro e neto.
Quando nos conhecemos ainda jovens,duas crianças,mas já sabíamos que éramos feitos um para o outro.
Almas gêmeas...Quem sabe!
Um encontro de olhar e lá já estava escrito o nosso grande amor.
Para nós não existe a palavra morte,pois acreditamos em outras vidas e se um de nós for chamado para a grande viagem,com
certeza haverá um reencontro.
Agradeço por tudo que até agora me fizeste,agradeço os abraços nos momentos tristes e alegres,agradeço em fim ao Mestre Divino por nos colocar nesse encontro de almas.
Amo-te e sei que tu também me amas.
A nossa caminhada até aqui foi longa,mas com a graça de Deus estamos juntos e continuaremos até quando Ele nos permitir.
Obrigada pelo amor,pela filha linda e pelo neto.
Obrigada por ser o meu companheiro de todas as horas,obrigada em fim por nossa união tão linda.
Que o Mestre nos abençoe e esteja sempre presente junto a nós.
Amo-te com toda a profundidade de minh'alma.

Carmen Lúcia

Direitos Autorais-lei-9.610-Imagens arquivo pessoal- 1970 e 2017.



Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Amigos

Amigos

Flores com carinho.

Flores com carinho.