Amar é sentir a sensibilidade de uma flor..

Amar é sentir a sensibilidade de uma flor..
Amar é sentir a sensibilidade de uma flor.

Aos amigos.

Aos amigos.

O meu livro.

23 de junho de 2017

Corpo e Alma!




Em um só corpo unem-se duas almas,fazendo-as nutrirem-se com a seiva de amar percorrendo lentamente as entranhas.
Adequam-se ao sopro da vida em ternuras e confidências,sentindo em instantes o prazer inesgotável de um afável viver.
Leves tornam-se unificadas e assim carregam momentos de querência e prazer.
Cada linguajar murmurado é transformado em substâncias de vivências.
São almas encontrando a sutileza mágica de sonhar.
Despem-se na entrega e recolhem-se ao instinto da espera.
Colhem o pólen como borboletas sugando o néctar da flor,e o depositam para que seja germinado no momento exato do amor.
Dois corpos em um só unem duas almas...Viventes e sem nós.
Corpo e alma...

Carmen Lúcia-Direitos Autorais-lei -9.610-Imagem Google.

19 de junho de 2017

Espere por mim.




 Ao longe vejo teu vulto sumir na imensidão do horizonte.
Suponho que estás tão distante além do poente,já quase recebido pela lua e não ouves esse amargor das palavras pedintes,para que retornes a mim meu eterno amor.
 Sou tua e sinto a sensação de clausura,quando sei que não voltarás tão breve.
Partes deixando-me envolta de saudade e triste por saber que o teu porto de viver é aqui bem perto,nesse mar aberto.
Meus sentimentos vão além dos lamentos!
Ah...Nesse espaço ínfimo nos sentíamos imersos em nossos desejos,agora fica esse adeus nas recordações de juras envoltas por paixões e selados beijos.
Recorro às águas e aos cânticos dos mares.
Recorro aos rios e igarapés,para que represem teu barco em espera,e assim eu possa chegar a tempo,e contigo seguir viagem sobre a calmaria das marés.
Espere por mim...


Carmen Lúcia-Direitos Autorais-lei-9.610-Imagem-Google.

14 de junho de 2017

Apenas isso!




Apenas isso...Um toque leve e o sentimento extravasa nessa perfeita conexão de paixão.
Procuramos alcançar os limites dessa entrega,atingindo sonhos fantasiosos aos que nos propomos,quando pronunciamos palavras melodiosas.
Amordaçamos nossas bocas,unindo-as para que não se distanciem das palavras roucas.
Calafrios repassam-nos uma absoluta entrega aos desafios.
Sustentamo-nos com  alinhavos que costuram noss'almas desafiando os fios que as unem deixando-as na mais completa calma.
Apenas isso...Entregamo-nos aos momentos...
De loucuras e desejos,quando assim... 
Prometemo-nos.
Apenas isso... 

Carmen Lúcia-Direitos Autorais.lei-9.610-Imagem Google.

12 de junho de 2017

Assim é Amar-Feliz dia dos Namorados.




Amar é a sensação de um tocar de mãos,sentindo toda a delicadeza como uma flor florescendo e abrindo-se para receber o néctar depositado pelo beija-flor.
Duas almas que se encontram e depositam seus desejos nas trocas dos selados beijos.
Como sulcos na terra,abrem-se nos corações frestas para a entrada dos sentimentos,alimentadas por grandes momentos.
Amar é sentir o prazer de silenciar a voz,ficando somente a esculta do sussurrar como um declarar em prosas.
A união de dois seres e duas almas se ligam através da mútua confiabilidade entre confidências e verdades.
Portanto,cada vez que amamos sentimos a sensação de uma entrega absoluta e relutamos a esse amor se assim não o for.
Juras são credenciadas,para entrarem sem licença e serem perpetuadas.
Ah...Simples como florais dos campos,mas valiosos como diamantes são os toques de peles entre dois amantes. 
O amor se concretiza quando viabiliza em gestos todos os sentidos em manifestos.
Assim é amar.

Amigos hoje dia 12 de junho aqui no Brasil comemoramos o dia dos namorados.
Desejo a todos os enamorados um dia muito feliz neste dia tão especial.

Feliz dia dos namorados

Carmen Lúcia-Direitos Autorais-lei.9610-Imagem Google.

"E a coisa mais divina que há no mundo,é viver  cada segundo,como nunca mais"...

Vinicius de Morais.



5 de junho de 2017

Silêncio.





Um sabor de querer envolve nossas bocas,ficando apenas às palavras roucas nesse transporte tocante de um viver.
Tecemos os contornos dos nossos lábios aos desejos habitáveis,e dentro de tu e eu elaboramos envolventes toques retocados pelos beijos trocáveis.
Chamas ardentes sobressaem em confidências,e nos transportamos como redatores ao delinearmos sobre linhas dos nossos corpos esse sussurrar,através de saliências e sopros de amar.
Somos como pássaros recém-nascidos aos aconchegos de seus ninhos aninhando-se aos calores postos sob suas asas e assim
 vivos,sentem-se vorazes.
Um silêncio absoluto recaí sobre nós,e declaramos sobre juras nossos sentimentos e momentos  a sós.
Silenciosamente ...Ficamos envolvidos como os fios tecidos dos ninhos sem nós.

Carmen Lúcia-Direitos Autorais-lei-9.610-Imagem-Google.

30 de maio de 2017

Sentimento Inefável.





Um sentimento inefável aborta de minhas entranhas,e faz meu corpo voejar como se estivesse sendo carregada por um leve sopro sobre águas do mar.
Sinto-me um pássaro à procura de grandes voos para chegar ao limite de te encontrar.
Porém,o mar está revolto e o vento soprado envia a mim assobios,para que não tente chegar perto ti meu eterno amado,pois rebeldias d'águas contraem-se entre fragas e muralhas.
Vestes esvoaçam sobre minha seminudez e resistem a esse impasse suplicando para que eu espere e ouça ao longe tão distante,o teu murmúrio contrastante ao som berrante,que tu voltarás aos meus abraços em alguns instantes.
Tento não ser persistente e fico à espera de ti meu eterno sobrevivente.
Saberei esperar-te mesmo com sentimentos inexplicáveis,para  abraçar-te ao final dessa trajetória.
Tu és e se-lo-ás sempre,meu vivente amado de conquistas e vitórias.
Carmen Lúcia-Direitos Autorais-lei-9.610-Imagem Google.

  

26 de maio de 2017

Palavras na Areia.




Palavras de amor tu deixastes em pegadas na areia ao amanhecer,mas foram sugadas pelas águas,deixando-me triste em um final do entardecer.
Jamais irei esmorecer!
Esperar-te-ei  com precisa calma e como as espumas das ondas que chegam brandas,para sentir-te bem perto ao mar aberto e poder lê-las com a profundeza de minh'alma e no silêncio encoberto.
Mas...Sinto que a minha espera seja longa,pois apenas ouço contrastantes ruídos batendo sobre os rochedos e isso me faz reclusa dos sentimentos.
Quiçá o Sol aquecerá e fará as palavras novamente transbordarem das águas,com os mesmos poemas declarados nas escritas desenhadas pelas pegadas.
Um calafrio invade meu ser e recolho-me triste na clausura do meu viver.
Palavras na areia...

Carmen Lúcia-Direitos Autorais-lei.9.610-Imagem-Google.





Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Amigos

Amigos

Flores com carinho.

Flores com carinho.