Aos amigos.

Aos amigos.

Amar é sentir a sensibilidade de uma flor..

Amar é sentir a sensibilidade de uma flor..
Amar é sentir a sensibilidade de uma flor.

O meu livro.

28 de dezembro de 2015

Um Feliz Ano Novo aos amigos.


Gotas caem,deixando um gotejar brilhante em cada pétala,uma alegria contagiante impera nesse esplendor da rainha dos jardins,na cor amarela transborda o que sempre lhe foi peculiar:
Amor.
Esperança
Saúde
e
Paz.

Que tenhamos esse "Amor"a todos nossos irmãos,e jamais nos falte para poder doá-lo e recebê-lo.
A "Fé" tem que estar presente e acreditar no Mestre.
"Esperança" sempre!
"Saúde" é vida e sem ela tudo desabará. 
A "Paz" terá que reinar nesse mundo tão conturbado. 
Sejamos como a flor,abrindo nossos braços como as pétalas,para receber as águas da união e os laços de confraternização.
Um Ano Novo repleto de alegrias é o que desejo a todos os amigos virtuais e aos que mesmo não colocando seus mimos de carinhos em forma de comentários marcam presença através do anonimato.
Se o Mestre  assim me permitir,logo estarei postando o que mais gosto que são minhas Prosas Poéticas com sutis sabores da essência:

"AMOR"


Feliz Ano Novo.

Beijos e até a volta.

Carmen Lúcia-Imagem-Google.

21 de dezembro de 2015

Feliz Natal.



"Imagem-Presépio exposto em minha residência".

Queridos amigos estamos próximos a receber novamente a visita em nossos lares do Menino Jesus.
Que todos possam refletir sobre sua vinda,sobre o seu nascimento e a sua morte.
Que todos nós tenhamos humildade e saibamos compreender o quanto ELE sofreu para nos salvar.
Que a nossa mesa seja farta de Amor,Humildade,Compreensão,
Resignação,Fé e muita Esperança.
Que possamos acolher os mais necessitados doando-lhes amor e fraternidade.
Sejamos portadores de mãos estendidas ao pobre pedinte que nos pede muitas vezes um prato de comida para saciar sua fome,ao cego para direcioná-lo ao caminho certo atravessando a rua,aos lares que abrigam crianças de pais presentes e pais ausentes.
Que ao visitarmos um hospital,possamos alegrar as crianças doentes e aos adultos,dando-lhes o conforto necessário,pois lá 
encontram-se debilitados e esperam  receber palavras de carinho.
Não esqueçamos as visitas aos idosos que por algum motivo,foram esquecidos e esperam por nós.

Hoje,21 de dezembro de 2015,semana do Natal,faço a minha última postagem desse ano e muita reflexão!

Agradeço a todos os amigos,pelas visitas e por todos os comentários deixados em meu pequeno espaço,Prazer de Escrever.
No momento,não sei quando volto,por esse motivo,deixo um Feliz Natal e um 2016 repleto de Amor e muita Paz.

Amo todos vocês e guardo em meu coração um pouquinho de cada um,na esperança de reencontrá-los novamente.
Beijos.

Carmen Lúcia-Imagem-Google.

17 de dezembro de 2015

VI-Interação Fraterna de Natal-O Numinoso em mim.


É com prazer que aqui estou mais uma vez participando dessa Interação Fraterna de Natal a convite da amiga Rosélia Bezerra.

São três perguntas para que possamos respondê-las:

1ª-O que teria sido o mais lindo,o mais verdadeiro,o melhor da sua vida?

2ª- Quando é que você consegue ser você mesmo ou melhor ainda,mais do que você mesmo?

3ª-As experiências do Numinoso que há em mim?

Vou deixar as três perguntas em um só texto:

Na minha vida,tudo foi muito bom e lindo,começando com o amor de meus pais e o amor doado e recebido dos meus familiares.

Mas o que mais marcou em minha vida,foi doar amor às crianças carentes.

Digo isso,pois até hoje ainda consta na minha lista esse ato que faço com imenso prazer.

O que ficou mais marcante,foram os natais que durante anos,doávamos amor em forma de alimentos e brinquedos a uma instituição em que abrigava crianças carentes,com pais presentes e pais ausentes.

Os pequenos ficavam à espera do Papai Noel,que iria chegar para presenteá-los.

Preparávamos-nos com muita alegria para esse dia,tínhamos o número de crianças que lá se abrigavam e aí,começávamos o melhor acontecer,que seria a alegria de ver as crianças
recebendo esse amor com muito carinho.

Além dos alimentos,colocávamos em sacos transparentes,brinquedos,
guloseimas e arrematávamos com laços vermelhos e Papais Noéis de chocolate.

Eram momentos doados com amor e os recebíamos em troca com muitos abraços.

Para mim,foram os instantes em que pude ver e compreender,o quanto eu conseguia ser eu mesma,ou seja,mais do que isso,poder sentir diante de mim o agradecimento de mais de 50 crianças,fazendo um círculo para nos abraçar e agradecer os mimos doados.

Com seus olhares inocentes,viam um Papai Noel diferente,sem roupa vermelha,barba branca e bota preta,viam com a pureza e inocência,mãos estendidas,doando amor e caridade.

Essa Numinosidade chegou a mim não como um mistério,mas com o propósito de entender o que seja amar ao próximo.

Eu sentia que o Mestre,na sua infinita bondade,nos preparou para isso,deixando uma grande experiência de vida,principalmente a mim,para que eu jamais esquecesse esse Numinoso tão Sagrado.

"Doar sem olhar a quem"


Obrigada pelo convite amiga Rosélia Bezerra.

Carmen Lúcia-Imagens-Google.



16 de dezembro de 2015

Silêncio calmo e absoluto.


Silêncio calmo e absoluto.
O mar mostra sua mansidão através das ondas nessa amplidão,mas muitas vezes mostra-se astuto e chega abruptamente para umedecer em lágrimas um coração presente.
Penso em ti,espero ver-te chegando sobre águas mansas,sem agito do balançar de um barco e procurando o meu ancoradouro,para desembarcar dentro de minh'alma que clama por essa paixão ausente.
A escuridão me faz temer...
Mas vejo ao longe,vestígios da lua escondendo-se e abrindo caminhos com clarezas,nesse término do anoitecer.


Haverá um novo renascer,um novo dia do nosso viver.
Nesse silêncio...aguardo por ti.

Carmen Lúcia-Imagem-Google.





15 de dezembro de 2015

Lembranças nas folhas pautadas.

Perdida,ela aqui está entre as letras escritas por ti.
Ficou o perfume em cada linha,mas já envelhecida entristece em saber não estar mais acolhida pelas tuas mãos e deslizando sobre os rascunhos deixados em relíquia para mim,pois em cada verso,sentia-se
o universo dos poemas declarados.
Em cada letra,ela adornava com aromas contornos desenhados para serem declamados,em uma noite enluarada.
Deixastes lembranças nas folhas pautadas,e hoje já quase adormecidas,somente ficam as páginas amareladas.
Solitária,a rosa chora e pede a tua volta,para novamente ser a musa inspiradora e aromatizada das tuas inspirações a mim,que sou e serei sempre tua amada.
Estaremos à espera das mãos,fazendo parte das escritas perfumadas...
Minh'alma,a rosa e os versos em prosas.

Carmen Lúcia-Imagem Google.



14 de dezembro de 2015

Magia de um ritual.

Envolta pelo ritmo,minhas vestes esvoaçam contra tempo para sentir na pele,o aquecer de um ritual.
A energia chega,e a transfiro para meu corpo em suaves contornos.
Penso em ti,e assim deslizo como dançarina entregando a mim a força mística,para que tu aprecies e se envolvas recebendo os fragmentos dos adornos.
Preciso do teu aval,para continuar essa magia de transpassar um mágico momento de união
sem regressão,levando entre minhas mãos,os laços obtidos para serem transformados em sutis emoções de dois apaixonados.
Uma entrega absoluta,sem ruptura em cada enlaço de paixão.
Ouça...o ritual,transformando-se para ti,em poema e canção.


Carmen Lúcia-Imagem-Google.

11 de dezembro de 2015

Um ofuscar do teu olhar.

Um ofuscar chega à esperança de encontrar-te e a ti entregar,a luz enviada a mim e concisa saberei
esperar,usando-a para fazer o viés do nosso amor e arrematá-los com os fios prateados vindos dos laços de cada ponto de luz a que ela nos conduz.
Teu olhar enviará essa luminosidade,e saberá deslocá-lo até chegar ao encontro dos meus lábios e beijos desejados,e serão como presentes doados,vindos do céu nos cobrindo em véus.
Tu és o brilho das estrelas caídas sobre nossos corpos,carregando-me ao universo e deixando ser tua cúmplice desse enlace translúcido.
Um amor envolvente como o brilho das estrelas iluminando o mar,e aceitando atravessar rios e pontes para o encontro dessa poesia de amar.

Carmen Lúcia-Imagem-Google.

10 de dezembro de 2015

O enlaçar do abraço.

Quero sentir o teu cheiro,abraçar-te por inteiro e refugiar-me em teu corpo.
Ah,mas quero sentir teus beijos sedutores,o roçar da tua face,e teus lábios pronunciando palavras de amar.
Cada abraço é o laço que nos une,cada espaço reserva-nos esse sentimento de paixão e união.
Somos unidos por um invólucro do amor,em cada frase sussurrada o encanto se apresenta,e sentimos em nossas peles,o contato desse sentimento em arrepios transferidos a nossas dermes.
Quero o enlaçar do entrelaçar dos nossos braços a cada instante de amar.

Carmen Lúcia-imagem-Google.



9 de dezembro de 2015

O despertar de um novo dia.

Como é bom ver os pássaros sobrevoarem os campos,a rosa abrir suas pétalas e 
as papoulas alegrar-se 
com o vento,temendo sempre o corte fora do tempo.
Mas para isso é preciso que o sol volte a brilhar,aquecer o olhar,para transferi-lo com sorrisos a moldura de um rosto triste.
Cada abrir de asas despertará a vontade dos voos rasantes,dos pousos com mãos entreabertas e novas descobertas.
Não deixar ser levado pela correnteza de um rio,saber caminhar pelas margens e descobrir nas aragens,que o vento poderá ser forte.
Sorrir para a lua e vê-la despedir-se da noite vendo seu clarear no despertar de um novo dia.as tornará ser leve como a brisa breve.

Obrigada amigos por todas as orações.
Beijos.
Carmen Lúcia-Imagem-Google.


8 de dezembro de 2015

Flautear Poético.Mensagem aos amigos.

Um flautear fazendo das notas bailarinas em evoluções,salteando nos espaços aos encontros dos
teus abraços,sem perderem o equilíbrio,ficam no limite que chegam a ti e entregam-se para que possas compor junto a mim canções de amor.
Tocaremos,e sorveremos cada nota como poesias sem rimas,mas com delicadezas poéticas
aprofundando-se em nós,e fazendo parte de dois seres e duas almas,que juntam sua mãos,
entrelaçando-as para tocarem cânticos sonoros flutuantes,juntos nesse ato de amar,em um doce flautear.

"Amigos,perdão por estar postando tarde e também as visitas,pois não me encontro bem de saúde."
Orem por mim.

Beijos e obrigada a todos pela compreensão..

Carmen Lúcia-Imagem-loveferrari.

7 de dezembro de 2015

Amar sem limite do amor.


Amar é sentir o degustar dos beijos apaixonados,é voar como as gaivotas sobre o sol dourado,é saber receber o aroma da flor doada pelo eterno apaixonado.
Amar é depositar um olhar ao horizonte e deixar a distância ser ínfima ao cruzar o mar.
Amar é naufragar nas ondas e deslizar em calmaria à beira-mar.
Amar,palavras que compõem um sentimento muitas vezes escondido e represado diante do ser amado.
Sentir o amor é permitir que ele faça parte do nosso existir,é exalar o perfume deixado dentro das pétalas da rosa doada.
Em fim...amar é viver sem limite do amor,como o beija-flor pousando de flor em flor,levando o néctar para sua sede saciar.

Carmen Lúcia-Imagem-loveferrari-centerblog.



4 de dezembro de 2015

Duelo ganho.

Um reencontro de almas,juntando-os ao destino previsto.
O poder era sentido,mas teria que ser vivido,passos deixavam os caminhos tortuosos,no
entanto os encontros furtivos prazerosos.
Libertavam-se desse duelo prescrito e amavam-se nos encontros fugitivos.
O amor perpetuava-se e não deixava intruso ganhar a batalha,conquistavam seus postos com sabedoria,sem precisar entrar em conflitos.
Um incomensurável amar sobre os olhares daqueles que desejavam duelar,mas aos poucos seus braços entrelaçavam-se e ardorosamente beijavam-se diante de todos,e assim,viam esse reencontro de almas agora transpondo uma guerra ganha,em que a vitória da sedução vencia...e seus corpos incendiados de paixão,acalmavam-se.

Carmen Lúcia-Imagem-Claudinedu 1200-centerblog.

3 de dezembro de 2015

Um dia de princesa.

A ti me reverencio,e me visto em vestes de princesa para chamá-lo de nobre alteza.
Hoje vivo a fantasia dos contos de fadas e abaixo minha fronte diante da corte,agradecendo ser tua amada.
Espero ser levada pelas tuas mãos ao baile de apresentação,expondo-me aos convidados,para mostrar o quanto nos amamos nos rodopios que faremos no salão.
Tu és o príncipe e eu transformada em deusa,serei por alguns momentos a mais desejada das princesas.
Indignados todos aplaudem e observam algo diferente,pois não pertenço à família real,mas estou com traje requintado para esse baile tão desejado,e que será para nós surreal.
Cada rodopio é um desafio,todos irão nos acompanhar e seremos o centro das atenções,levando-os ao ápice das emoções.
Ah... é um conto de fadas,preciso ficar atenta às doze badaladas...serei levada de volta ao pequeno casebre,voltando a ser sonhadora,vestida de princesa à espera de um reverenciar ao príncipe encantado,que um dia fez parte dessa história,sendo meu eterno amado.

Quem sabe...um dia serei princesa!!


Carmen Lúcia-Imagem-Violette-03-centerblog.

2 de dezembro de 2015

Aportar anunciado.

Aos poucos,vou tentando sair dessa solidão deixando minha seminudez cobrir-se pelas águas,descobrindo minhas lágrimas caídas sobre elas rolando com fluidez,e retirando da minha face,essa mórbida palidez.
Outorgo meu desejo à rainha que brota discreta do mar calmo e sereno,e nesse quase anoitecer,juntas sentiremos em meu corpo a vontade de te amar e entregá-lo sem segredos e medos.
Medos temerosos,mas prazerosos.
Segredos cantados aos ventos e soprados,para somente tu ouvires,através dos assobios represados e guardados.
Ah...se eles pudessem,seriam revelados,mas cabe a nós deixá-los juntos aos ventos,e ao fundo do mar.
Um aportar anunciado,diz estar próximo o término desse reencontro e assim quem sabe...sem medos voltaremos a nos amar,sem segredos.

Carmen Lúcia-Imagem-Fandeloup-centerblog.

1 de dezembro de 2015

Caminhos além mar.

Um luar recai sobre meus pés e 
leva-me ao caminho de te encontrar.
Ao pisar suave,sinto réstias aquecerem essa passagem,deixando o meu corpo saltear solitário.
E como bailarina deslizando ao final do primeiro ato,abro meus braços à espera dos teus abraços e de mãos acariciando em leves tatos.
Sombras percorrem deixando encoberta a lua,mas ela despe-se a esse manto para dizer que sou eternamente tua.
O sol esconde-se por ver a tristeza abater-se deixando atrás dessa beleza seus raios sobrepostos ao céu como véus transparentes,e assim...mostram a delicadeza da nobre natureza.
Espero te encontrar,mesmo que sejam por caminhos além mar.
Cruzarei até o final do poente,vendo o sorrir escondido do astro rei que junto à lua serão mensageiros a ti do caminho iluminado,para tu pisares nesse reencontro a mim,meu...

Eterno enamorado. 

Carmen Lúcia-Imagem-Google.



Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Amigos

Amigos

Flores com carinho.

Flores com carinho.