Amar é sentir a sensibilidade de uma flor..

Amar é sentir a sensibilidade de uma flor..
Amar é sentir a sensibilidade de uma flor.

Aos amigos.

Aos amigos.

O meu livro.

29 de janeiro de 2016

A declaração e o pedido.

Hoje estamos diante do luar e fazemos o pedido para que a lua seja a musa dessa noite,e dos momentos de amar.
O sorriso dela,desperta nossos corpos e não deixa sumir nossas trocas de carinhos.
Não mudamos nossos pensamentos,e nem tão pouco nossas idéias,somos dois seres que se amam,e trocam carícias,mesmo com o despertar do luar.
O riso aparece em semblantes das iluminadas estrelas,que
salpicam o céu,como se o cobrissem com transparentes véus.
Eu te ofereço meus lábios e tu ofereces os beijos,e assim selamos esse amor perdidos por uma paixão,repleta de desejos.
Contornos perfazem a musa com vestes rebordadas para enviar a nós uma noite de perfeito deslumbre,faltando apenas magias e os castelos encantados.
Mas...Como sou tua princesa e tu meu príncipe,temos o direito de fazer um pedido...
Declararmos amor infinito.

Carmen Lúcia-Imagem-Google.

28 de janeiro de 2016

Parabéns amada filha-reeditando.

Hoje a minha homenagem é para a nossa amada filha Cristiane,é o dia do seu aniversário,28 de Janeiro de 2016.
Minha menina!
Advogada atuante há 23 anos,atua nas áreas de Direito Tributário,Civil e Direito de Família das Sucessões.
Prestou concursos para as carreiras jurídicas.
Participou da elaboração de três livros:Prova no Processo Civil,Mandado de Segurança e Controvérsias na Jurisprudência.
Participa de vários seminários.
Além de tudo isso,presta assessoria jurídica a Procuradoria Geral do Estado de São Paulo,às pessoas que não podem pagar honorários a um advogado.
Uma filha que muito nos orgulha!
Com todos os seus dias preenchidos em trabalhos e viagens,ainda encontra tempo para dedicar-se ao marido,ao seu filho de 8 anos,a nós seus pais e a Federação Espirita de São Paulo,ministrando cursos,e como palestrante.
Só podemos dizer que é a nossa princesa e agradecer a Deus,por lhe dar a oportunidade de nos escolher para que fossemos seus pais.
Parabéns filha e que o Mestre esteja sempre presente junto a você.
Beijos da Mamys e do Papys.

Carmen Lúcia-fotos arquivos pessoais-Acima dia de comemoração(domingo-24/01/2016) e abaixo a trabalho no Superior Tribunal de Justiça-Brasília-DF.

27 de janeiro de 2016

Fragmentos de uma fragilidade.

Lágrimas perdidas e caídas sobre uma face defrontam-se em luta para dissuadir essa palidez e deixar florir o riso que tenta esconder-se nesse umedecer.
Pensamentos enigmáticos brotam,deixando esse desfalecer rolar por um aguar distante e ausente.
Uma tristeza ocasional que por um instante perfaz esse rosto contornado-o por inteiro,como se fossem arranhaduras cortando em fragmentos a fragilidade que há nesse momento derradeiro.
Um suave movimento se vê em seus lábios,e quem sabe renovará essa ocultação de alegria,pois mostrará que depois das águas lacrimais,haverá o siso perfeito de uma ternura facial.
Um desencadear de sorrisos será liberto...Nesse rosto tão frágil,que precisa ser descoberto.

Carmen Lúcia-Imagem-Google.

26 de janeiro de 2016

Cânticos da Alvorada.

 Uma fragrância leva-me junto a ti pelas aragens do vento soprado.
Tento deixá-la aromatizar meu corpo,antes desse breve sopro.
Preciso descobrir caminhos e chegar por inteira,mesmo que seja atravessando mares e campos tentarei voos como pássaros em sobrevoos.
Os perfumes farão aderências em nossas peles e subtrairão nutrientes,fortalecendo esse amor ardente.
Cânticos ouviremos ao longe de leves chilrear,e assim receberemos como um anunciar,de uma linda alvorada.
O sol abrirá seus braços para nos receber,aquecer e unir nossos abraços em perfeita junção de um amor mais que perfeito.
Lentamente nossos corpos se entregam a esse alvorecer perfumado com essências delicadas,para que perdurem por muitas existências a dois seres amados.

Carmen Lúcia-Imagem-Google.

22 de janeiro de 2016

A decisão.

Decidi que o vento me levaria através de minhas vestes,ao encontro de ti.
Decidi que seria como a brisa e chegaria bem suave,como dançarina daria grandes giros caindo em teus braços me entregando aos abraços.
Somente um sopro precisaria para levar meu corpo de encontro ao teu,somente o calor dos teus lábios para selar os desejos dos nossos beijos.
Decidi conversar com o sol,e pedir réstias douradas no final da tarde para iluminar o encontro do nosso olhar.
Em fim...
Decidi pedir as estrelas,despontarem como musas inspiradoras nos instantes do encontro dos nossos corpos como amantes.
Ah...Mas eu decidi ser tua,quando a lua mostrar sorrisos na hora de te amar e nos deixar na escuridão para completarmos a nossa paixão.

Carmen Lúcia-Imagem Google.

20 de janeiro de 2016

O mergulho de um olhar.

Emergir das águas é tentar sair desse mergulho para te encontrar através do meu olhar.
São tantos desafios ao longo desse encontro talvez furtivos,mas com intuito de não aprofundarmos nessa imensidão de magia existente,nos transportando para um existente e profundo além-mar.
Submergir é coexistir em um salto e naufragar nossos corpos sendo levados pelas correntezas,sem certezas dos  encontros de olhares,pois estarão náufragos e represados entre fragas.
Mas...Nossos corpos corajosamente saem desse perigo encontrando um abrigo para em  fim..
Compactuarem um mergulho de águas,com olhares de almas afins.

Carmen Lúcia=Imagem-Centerblog.

19 de janeiro de 2016

Juramentos diante do mar.


Aqui estamos diante das águas do mar,e perante a ela juramos amor eterno.
O sol encarrega-se de aquecer esse amor,
 distribuindo sobre as ondas sorrisos e acenos a nós,mostrando suas idas e vindas da maré,beijando sutilmente nossos pés.
Como um espumante em brinde de taças,recebemos ao longe esse amanhecer caindo sobre nossos corpos e ficamos embevecidos com nossos olhares à espera do acordar da lua logo ao anoitecer,para embriagar nossos corpos de amor nas tépidas águas salinas,umedecendo-os com um aguar do bálsamo de amar.
Brindemos nossos desejos em mútua cumplicidade por ardorosos e apaixonantes beijos.
Diante do mar...
Em verdades e juramentos.

Carmen Lúcia-Imagem-Google.




18 de janeiro de 2016

Um corpo,um aceno e um leve sopro.

Um corpo,um aceno e um leve sopro.
Uma chamada ao retrocesso,para esvair-se de um pensamento.
A penumbra esfumaçada,por um momento passa a transparência seminua flutuante quase
 se evaporando
como nuvem desaguando em águas de um amor ausente.
Em lágrimas e perdida no espaço,recompõem-se como dançarina e amante.
Sua espera será pelo tato de mãos seguras,vindas ao encontro das suas,para em 
fim recompor essa união,por...

Um corpo,um aceno e um leve sopro.


Carmen Lúcia-Imagem-Google.




15 de janeiro de 2016

Duas almas que se completam.

A legitimidade que há em nossos sussurros de amar, é profunda e silenciosa levando-nos a um patamar em que somente nós ouvimos.
Procuramos confidenciar juras através desse silêncio, e chegamos a esse absoluto querer transpondo a barreira do som,para ouvir sutilmente a palavra amar.
Absorvidos por esse amor,repassamos essa paixão aos nossos corpos,e silenciamos nossa voz,para somente ficar a mudez de duas almas a sós.
Completamente mudos,nos permitimos esse silenciar e procuramos sentir os desejos vindos por um sussurrar.
Somos duas almas que se completam...
Em um só balbuciar.

Carmen Lúcia-Imagem-Google.


14 de janeiro de 2016

Um sonhar apaixonado.

Deixe que eu sinta a tua pele roçar a minha, entrelaçar meus cabelos aos teus,e sentir esse calor fazendo-nos adormecer sonhando com esse amor tão envolvente e que jamais irá esmorecer.
Um sonho levando-nos aos devaneios e conseguindo abranger todos os nossos anseios.
As veracidades aparecem e realizam os nossos desejos,são muitos e entre eles os ardorosos beijos.
Fragmentos das nossas vidas são passados e nos vemos como dois seres viventes e eternos enamorados.
Tu esboças um leve sorriso como se estivesse acordado,e eu suavemente declino minha face para receber-te nesse enlace.
Vamos deixar esse sonho caminhar como realizado,sem nos preocuparmos que logo será o momento de acordarmos.
Veja...
Rosas começam florir e nesse instante estamos no ápice dos nossos olhos abrirem-se delicadamente,para sentirmos o quanto precisamos nos amar acordados,mesmo sendo um sonhar apaixonado.
Sonhar....

Carmen Lúcia-Imagem-Google.

12 de janeiro de 2016

Transição de noss'almas..


Palavras aos sussurros em juramentos.
Emoções que transcendem dos nossos corpos,e ascende uma paixão envolvente.
Digo que tu és o meu suporte para segurar-me em teus braços fortes,e assim conseguimos ouvir nosso suspirar pedindo beijos em trocas de desejos.
Cada abraço é o laço de união,cada palavra,transforma-se em versos,ficando em pautas escritas e saboreadas por olhares nos espaços sem rimas,mas compactuados liricamente por nós,eternos apaixonados.
Façamos a regressão para ver a transição de noss'almas encontrando-se e perpetuando essa veracidade em sorrisos,unindo-nos como o encontro das aves em voos à procura de seus ninhos.


Carmen Lúcia-Imagem-Google.

11 de janeiro de 2016

Florescer nos Campos Verdes.

Desejo plantar um mar de flores,acariciar cada pétala para 
senti-las transparentes através de um leve sopro...
E assim nos liberte ao encontro do amor.
O vento encarrega-se de soprar as sementes em grandes voos e deixá-las em pousos na terra adubada...
Dessa forma,uniremos nossos corpos e sentiremos esse germinar em momentos de amar.
E isso nos libertará...
Cada flor nascerá com o amor plantado por mãos,em desafios à vida.
Serão firmes e aguadas no tempo certo,com a certeza de florir com nossos sorrisos nos campos em que as adubaremos e colheremos no decorrer ao plantio do nosso amor,sem aprofundá-lo nas correntezas dos rios.
Somente a ti entregarei essa colheita,não deixando margear como musgos e sim florescer nos campos verdes com águas de amar e paixões ardentes.
Entrego-me a ti como as flores entregam as sementes.

Carmen Lúcia-Imagem Google.


7 de janeiro de 2016

Rompendo entranhas.


Que essas águas,possam umedecer um corpo e resfriá-lo desse sentimento ardente.
Rompendo entranhas necessitam sugá-lo úmido,e entregá-lo no momento de um amor único.
São gotas caídas como orvalho,e penetram ness'alma como se estivessem rolando céleres pelas alamedas,deixando rastros de fluidificação de uma paixão,seguida por extrema calma.
Absorta em pensamentos fica apenas a fragilidade, recompondo-se e dispersando por instantes esse desejo de aguar lábios tão sedentos.
Rompendo entranhas...
A chuva umedece e acalma esse corpo inerte,deixando-o 
à espera de novas águas que o liberte.

Carmen Lúcia-Imagem-Google.

6 de janeiro de 2016

Para você-Reeditando.

Para você.
Alice era uma linda menina de cabelos negros e encaracolados.
Como toda criança brincava e possuía grandes sonhos.
Às vezes nas pequenas brincadeiras, cantarolava para seus amiguinhos.
Todos a aplaudiam e diziam que seria uma grande cantora, mas o destino fez com que a pequena Alice adoecesse tão pequena.
Seus pais, a levaram a todos os médicos e lugares possíveis para sua cura, nada adiantava, a menina cada vez ficava mais fraca.
Um dia, deitada em sua cama eis que surge uma visão, era possivelmente de um anjo.
Alice se aterroriza e com a voz bem fraca diz:
Quem é você?
E o anjo responde:
Não tenha medo, sou seu anjo da guarda e estou aqui para lhe fazer companhia, sei que gosta de cantar e um dia seu sonho irá se realizar em um lugar muito lindo.
Alice desconfiada, chama sua mãe e conta o que viu e ouviu.
Sua mãe assustada e pensativa deduz que a pequena já estaria por lhes deixar.
E assim os dias foram passando e a doença de Alice ia se tornando cada vez pior até que chegou o momento da partida.
Todos choraram muito.
A pequena os deixou e como todo anjo foi para o céu.
Chegando logo a entrada, encontra o anjo da guarda amigo a sua espera, com um violino na mão.
Alice pergunta:
 Você é o anjo que me visitou e disse que eu iria cantar?
Sim, sou eu mesmo diz o anjo e aqui estou para lhe acompanhar, mas antes irei tocar uma linda música para que você possa entrar triunfante e ficar ao lado de todos os seus amigos que aqui se encontram, e se quiser, poderá acompanhar-me com sua linda voz.
Dessa forma, o anjo da guarda tocou e acompanhou Alice em um lindo canto.

O sonho foi realizado, mesmo sendo no céu ela ouvia as vozes de outros anjos dizendo:
Essa festa é para você!

Muitos não acreditam, mas os anjos existem e estão ao lado não somente das crianças mas de todos nós!

Obs:

Queridos amigos,como está um pouco escura a escrita,pois foi copiada do meu blog e está havendo dificuldade para ler,deixo postada dessa forma,com algumas palavras abaixo.
Perdão pelo transtorno.
Carmen Lúcia.

Alice era uma linda menina de cabelos negros e encaracolados.
Como toda criança brincava e possuía grandes sonhos.
Às vezes nas pequenas brincadeiras,cantarolava para seus amiguinhos.
Todos a aplaudiam e diziam que seria uma grande cantora.

Mas o destino fez com que a pequena Alice adoecesse tão pequena.
Seus pais,a levaram a todos os médicos e lugares possíveis para sua cura,nada adiantava,a menina cada vez ficava mais fraca.
Um dia,deitada em sua cama eis que surge uma visão,era possivelmente de um anjo.
Alice se aterroriza e com a voz bem fraca diz:
Quem é você?
E o anjo responde:
Não tenha medo,sou seu anjo da guarda e estou aqui para lhe fazer companhia,sei que gosta de cantar e um dia seu sonho irá se realizar em um lugar muito lindo.
Alice desconfiada chama sua mãe e conta o que viu e ouviu.
Sua mãe assustada e pensativa deduz que a pequena já estaria por lhes deixar.
E assim os dias foram passando e a doença de Alice ia se tornando cada vez pior até que chegou o momento da partida.
Todos choram muito.
A pequena os deixou e como todo anjo foi para o céu.
Chegando logo na entrada,encontra o anjo da guarda amigo a sua espera, com um violino na mão.
Alice pergunta:
Você é o anjo que me visitou e disse que eu iria cantar?
Sim,sou eu mesmo diz o anjo.
E aqui estou para lhe acompanhar,mas antes irei tocar uma linda música para que você possa entrar triunfante e ficar ao lado de todos os seus amigos que aqui se encontram,e se quiser 
poderá acompanhar-me com sua linda voz.
Dessa forma,o anjo da guarda tocou e acompanhou Alice em um lindo canto.
O sonho foi realizado,mesmo sendo no céu ela ouvia as vozes de outros anjos dizendo:

Essa festa é para você!

"Muitos não acreditam,mas os anjos existem e estão ao lado não somente das crianças mas de todos nós".

Amigos,reeditei esse conto que fiz há três anos e hoje dia 6/01/2016 comemora-se o Dia de Reis e nada melhor do que falar em anjos,pois o anjo Gabriel quem anunciou para a Virgem Maria a vinda do Menino Jesus.
Texto-Carmen Lúcia-Imagem-Jardinsducielli-centerblog-net


5 de janeiro de 2016

À procura do teu olhar.


Meu olhar entrega-se para vestir
vestes da lua,e assim...
Seminua diante de ti revela apenas minha face
e insiste escondê-la,não mostrando lábios pedintes procurando os teus para saborear beijos escondidos por desejos meus.
Entre o mar e o céu,tu verás o véu encobrindo o luar com nuances do meu olhar.
Olhe bem e descubra o quanto sou tua mesmo retraída,as águas represam réstias através do mar,desejo...
Que tu não percas a direção ao encontro do meu olhar,pois estará a tua espera,para em fim...
Chegar a mim...
E completar esse amor deixando apenas à mostra o meu e o teu olhar.

Carmen Lúcia-Imagem-Google.

4 de janeiro de 2016

Almas completas.


"Sentimentos ardentes vindos de corpos incendiados aos desejos da paixão,cada vez mais sentem o quanto se desejam e o quanto esses encontros são cobertos por uma grande emoção".

Duas almas completas em descanso,mas repletas do avanço desse querer,sem temer se entregam ao amor,trocas de carícias em uma noite de luar e com um sopro de vida são carregados ao ápice desse encontro de amar.
Cada toque é um arrepiar,cada frase é como plumas voando para transmutar em beijos trocados e selados.
Elas se completam se definem e atingem esse reencontro,no mais doce juramento feito por dois eternos apaixonados.

"Amigos,como não poderia faltar,começo o Ano de 2016 com muito amor".

Para todos com carinho.


Carmen Lúcia-Imagem-Google.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Amigos

Amigos

Flores com carinho.

Flores com carinho.