Aos amigos.

Aos amigos.

Amar é sentir a sensibilidade de uma flor..

Amar é sentir a sensibilidade de uma flor..
Amar é sentir a sensibilidade de uma flor.

22 de agosto de 2013

Entre Cordas de um Balanço!

Nesse balançar da vida,
mãos aderem as cordas
e
entrelaçam com firmeza,
esse vai e vem,
para dispersar,
lágrimas 
de 
tristezas.

Absorta em pensamentos,o balanço é como um
apoio,sem obstáculos.

É sentir-se livre,atingindo o ápice
da montanha.

É pensar que esse voo,
estará no ar,
absorvendo essa mágoa
que 
surge de repente,
por 
um amor ausente.

Seguir em frente,
entre um
 balançar, 
de 
um balanço.

Esperar pela presença, 
daquele que se foi,
deixando
marcas de ausência.

Ausência envolvente,
sem 
estar presente.

E nesse balanço,
a
 esperança do recomeço,
será,
com o entrelaçar de mãos 
que
 juntas,
irão reavivar, 
esse querer,
entre as
cordas desse balançar.

As lágrimas serão somente pequenos respingos.

Nesse balanço entre cordas da vida,
à espera será
bem vinda,
para enfim ser vivido
um amor,
que
 jamais foi esquecido.

Entre cordas de um balanço.....

Poema-Carmen Lúcia-imagem-goumyz

32 comentários :

  1. Boa tarde Carmen Lúcia

    Adorável..Amei
    Hoje apetecia-me andar um pouco nesse baloiço a fim de afastar uma tristeza de mim..
    Obrigada pelo lindo poema.

    beijo
    http://coisasdeumavida172.blogspot.pt/

    ResponderExcluir
  2. Bom dia Carmen.. no balanço da vida a nossa vida ganha asas.. que saudade do meu tempo de criança.. se bem que ainda podemos voltar a ser crianças.. ou melhor a despertar ela dentro de nós.. lindo dia amiga bjs

    ResponderExcluir
  3. Oi Carmem
    Balançar e lembrar de um amor é ótimo.
    Adoreiiiiiiiiiii!
    Linda
    Beijos
    Lua Singular

    ResponderExcluir
  4. Mesmo , que esteja vendo a vida preto branco.
    Olhe para o céu veja o inifito azul onde quem
    tem fé no criador encontrara coragem e força para passar
    pelas tribulações.
    E a noite se emocione com a beleza da lua e do céu estrelado.
    Em cada estrela vera um anjo zelando e olhando por você ..
    enquanto a lua ilumina sua linda alma
    veras como pode ser feliz na graça e na presença de Deus.
    E muito carinho eu trouxe para você , que tanto amo.
    Beijos na alma afagos no coração.
    Evanir.
    PS: fico triste em não poder informar
    como anda minha vida;
    Basta vc notar minha ausência creio ,
    que já diz tudo.
    Eu não ando nada bem .
    Deus abençoe seu final de semana
    paz e luz.

    ResponderExcluir
  5. Boa tarde amiga Carmem!
    Belo poema... gostei muito.

    Beijos em seu coração!

    Fernanda Oliveira

    ResponderExcluir
  6. Olá, querida
    Como vc é seguidora do meu blog, passo pra convidá-la:
    Conforme disse, no início do mês, a partir de amanhã, tem festa no blog pelos 4 anos do meu blog, participe! Precisamos nos ajudar a crescer...
    No post estará tudo explicadinho, creio eu, mas qualquer dúvida, estarei aqui no e-mail para responder, está bem???
    Sua presença me é muito querida...
    Na fraternidade, poderemos caminhar muito melhor...
    Sem os leitores, comentaristas e visualizadores, nada sou...
    Bjm de paz e bem
    P.S. Seguir em frente amando...

    ResponderExcluir
  7. Olá,
    Balançar na vida para lembrar o que nos faz feliz, julgue é bom.


    ag

    ResponderExcluir
  8. Pois é, no vai e vem do balançar sentimos que podemos ir e vir e amentar nossa força no proximo impulso, assim como devemos sempre impulsionar nosso amor além... lindo seu poema.
    Lindo demais!
    bjs
    Ritinha

    ResponderExcluir
  9. Boa tarde Carmem, muito obrigada pela visita e comentário generoso! Seja sempre bem vinda! Com essa visita você me oportuniza entrar aqui nesta" casinha" linda que é teu Blog, ler tuas poesias e sentir o perfume da alegria e da felicidade através das tuas fotos e dos teus amados! Voltarei, com mais tempo para ler outras poesias! Ah!!! Esta hoje me deixou com vontade de voltar no tempo e balançar como criança..

    "Nesse balançar da vida,

    mãos aderem as cordas..."


    Desejo uma abençoada tarde! Muita luz! Abraços...

    ResponderExcluir
  10. Simplesmente lindo!
    Ausência que se faz presente...
    Beijos,
    Lis

    ResponderExcluir
  11. Lindo!!!

    Vamos vivendo o balançar da vida com fé e paz no coração.

    bjokas =)

    ResponderExcluir
  12. Boa tarde amiga Carmen :)
    A vida é como um balanço,
    às vezes ficamos perto das nuvens,outras perto do chão.
    O gostoso,é sentirmos a brisa no rosto,porém precisamos balançar com suavidade,senão caimos...
    Linda poesia.
    Bjs!

    ResponderExcluir
  13. Balançamos, mas mesmo caindo poderemos baloiçar novamente, tal como quando éramos crianças, a criança que fomos ainda existe dentro de nós.
    Um poema maravilhoso!
    xx

    ResponderExcluir
  14. Esse balançar é a busca de se conquistar os sonhos.Parabéns.

    ResponderExcluir
  15. Carmen

    E mesmo ausente
    tentarei apanhar esse balouço
    e balouçar com você
    nas ondas do meu mar!

    Lindo o poema e graças por a encontrar!

    Maria Luísa

    ResponderExcluir
  16. "a
    esperança do recomeço,
    será,
    com o entrelaçar de mãos " Comovente! Mãos que entrelaçam o passado tão presente na reconstrução de um futuro. Doce beijo!!

    ResponderExcluir
  17. Entre balanços e suas cordas quantas maravilhas por aqui nasceram. Linda poesia! beijos, obrigadão pelo carinho,chica

    ResponderExcluir
  18. Oi Carmem, agora estou saindo, e amanhã, vejo o que possa ter ocorrido, pois em nada mexi para aparecer o da Sonia em seu blog e o meu ter sumido, esse BLOGGER sempre aprontando comigo
    beijos
    Amanhã vemos isso, e obrigada pela preocupação, viu?
    Fiquei muito contente!
    bjs
    Ritinha

    ResponderExcluir
  19. Que belo balançar de vida ,tudo na vida e uma soma de momentos uns de ausencia outros de saudades mas com a mesmo sentimento de amor que jamais poderá faltar num lindo coraçao amargurado pelo balançar da vida entre o passado e o presente,muitos beijinhos

    ResponderExcluir
  20. A vida é assim, nos dá alegrias e tristezas. Lembro de quando menina queria sempre balançar mais alto, mais alto e mais. Aproveitar os momentos, ao máximo. A vida nos ensina isso desde a infância e vamos esquecendo. Cada momentinha é tão especial, não é? Paz aí! :)

    ResponderExcluir
  21. La Vida es como ese columpio que nos impulsa a alcanzar sueños y tambien nos balancea hacia atrás para verlos desde la distancia, esperando se conviertan en Realidad.
    Precioso Poema.
    Abraços e beijos.

    ResponderExcluir
  22. Balanço sempre adorei brincar de balanço quando era criança, ainda hoje quando vou na praça passear com o meu sobrinho me balanço lá no balanço, Carmem passando pra te desejar uma ótima quinta-feira, beijos.
    Blog:Lucimar Estrela da Manhã

    Grupo:Divulgue seu blog no Facebook

    Fan Page

    Me encontre no Pinterest

    ResponderExcluir
  23. A veces nos cumplumpiamos ese es el amor!! uuff precioso escribes mucha dulzura, besos desde mi brillo del mar

    ResponderExcluir
  24. Vim retribuir sua visitinha ... adorei seu blog ... seja sempre bem vinda :)

    Obrigada pela visita, besos no core s2

    ResponderExcluir
  25. Quanto coisa ha num balançar da vida!

    Lindo poema parabens!

    Beijos e tenha um belíssimo dia!

    ResponderExcluir
  26. E a vida passa, a vida voa ...
    Nesse balançar, vamos nos moldando de acordo com a idade. Tenho uma poesia parecida com a sua. Vou te mostrar.

    Grande abraço amiga poetisa!
    Amo visitar teu espaço!
    Bjão do amigo gago e poeta...


    Dan
    http://gagopoetico.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  27. Linda amiga, até então não sigo o "Sussurros", então não tem como entender...
    Já atualizei o meu perfil.
    bjs, espero que agora dê certos.
    Excelente final de semana com muia alegria e paz!
    Tudo de melhor!

    ResponderExcluir
  28. Muito gosto em conhecer o seu blogue
    onde já me registei. Minha mãe
    se chamava Maria do Carmo, mas sempre
    foi chamada de Carmen, como a amiga
    se chama.Virei ao seu blogue sempre
    que possa.
    Se quiser visitar um outro meu,
    que não aceita seguidores, mas
    aceita comentários é:
    http://sinfoniaesol.wordpress.com
    Beijinhos
    Irene Alves

    ResponderExcluir
  29. No balanço nos movemos, eis que a vida ora nos empurra para um lado, ora para outro. Nesse vai e vem, abraçamos a esperança e voamos nas asas da imaginação. Bjs.

    ResponderExcluir
  30. Entre cordas de um balanço...sempre a esperança...!
    Bjs
    Maria

    ResponderExcluir
  31. Olá!
    Este espaço é relaxante!Dar uma certa paz!
    Seu neto é uma fofura de criança.Parabéns Carmem Lúcia!

    Como gostei do seu blog, sou mais uma nova seguidora.Bjs.

    ResponderExcluir
  32. Ah, amiga Lúcia, seu poema é uma reflexão da vida!Acho que nossa caminhada precisa estar sempre balançando, se não, fica paralisada!Valeu lindinha.Bjs e um lindo domingo.

    ResponderExcluir

Obrigada amigos,fico feliz quando deixam
comentários em meu pequeno espaço.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Amigos

Amigos

Flores com carinho.

Flores com carinho.