Aos amigos.

Aos amigos.

Amar é sentir a sensibilidade de uma flor..

Amar é sentir a sensibilidade de uma flor..
Amar é sentir a sensibilidade de uma flor.

O meu livro.

20 de abril de 2016

Rompendo Saudades.

Triste,recolhe-me o sentimento de uma saudade.
Agora presente,deixa uma ausência 
perpetuar-se por escolhas de palavras percorridas pelo tempo.
Naufrago em pensamentos longínquos com voos submersos dentro de Minh'alma,sentindo um arrastar desse desencontro e postergar mais uma vez o que um dia foi a livre escolha de sonhar.
Na seiva ainda consta o líquido correndo entre o florir da flor,como o sangue em veias passeia desejando o encontro da chama desse amor.
Sentidos se afloram e juntam-se àqueles que um dia deixou nossos olhares encontrar-se com as estrelas em noites iluminadas,pois seríamos amados e eternos enamorados.
Mas...A saudade insiste em fazer parte desse cenário.
E assim ela chega como um eclipse total em meu corpo,mas deixa a esperança de um novo clarear rompendo a saudades,com um leve sopro de amar. 

Carmen Lúcia-Imagem-cabschau-centerblog.

22 comentários :

  1. Belíssimo!!!!!!!!!!! Ótimo dia, Carmen!!!!!!!!!! Beijos

    ResponderExcluir
  2. Saudades muito grandes, bem expressas e que bom a esperança de matá-las com um sopro vindo do mar! bjs, chica,tudo de bom!

    ResponderExcluir
  3. A esperança sempre oportuniza novos sonhos e novos encontros e aí o desabrochar do amor
    Belíssimo poema amiga Carmen
    Um lindo dia para você

    ResponderExcluir
  4. Um lindo poema, relatando uma grande saudade, um feliz dia amiga. Beijos.

    ResponderExcluir
  5. Mais um excelente poema!
    Parabéns pela maravilhosa inspiração! Amei.

    Beijo e uma excelente tarde

    http://coisasdeumavida172.blogspot.pt/

    ResponderExcluir
  6. Olá Carmen
    O arrastar da solidão é uma sentimento tão tenso de se passar.
    beijinhos querida.

    http://eueminhasplantinhas.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. A insistente luta poética contra uma saudade rompida por um novo clarear na presença do amor.
    Sublime, Carmen Lúcia.
    xx

    ResponderExcluir
  8. Boa tarde Carmen,
    A saudade machuca e incomoda,
    mas se ela existe é sinal de um amor
    intenso que foi vivido, ou ainda se vive...
    Bjs!

    ResponderExcluir
  9. Oi Carmen,
    Não gosto de sentir saudades, pois lágrimas não dão conta dos choros.
    Lindo Carmen.
    Beijos
    Minicontista2

    ResponderExcluir
  10. Carmen
    Desde que a seiva nunca deixe de correr, sempre se vai gostar da tua linda poesia.
    Beijo

    ResponderExcluir
  11. Oi Carmen, boa noite amiga.
    Que bom a esperança de um novo clarear afastando as saudades!
    Lindo poema!
    Beijos,
    Mariangela

    ResponderExcluir
  12. Que lindo poetar, a saudade, às vezes é bom senti-la, amei ler aqui em forma de poesia!
    Abraços amiga poetisa Carmem!

    ResponderExcluir
  13. Romper saudades e amar sem conflitos...
    Bom feriado, Carmen... Bj

    ResponderExcluir
  14. Um belo e nostálgico poema, gostei.
    Um abraço e continuação de uma boa semana.

    ResponderExcluir
  15. Querisa Car,en Lúcia,

    A saudade pode despertar a alegria e tristeza.
    Mas ambos sentimentos fazem parte de nossa vida e devem ser experimentados por nós.
    A esperança, sim, essa é que irá definir no decorrer do tempo as nossas emoções!

    Bom feriado!

    Bjks

    ResponderExcluir
  16. Bom dia querida Carmen, enquanto os pensamentos forem fortes a saudade não se fará tão grande, pensamento aproxima a todos, pensou criou.. bjs e feliz dia doce amiga

    ResponderExcluir
  17. Tenho vivido de saudades....

    bjokas =)

    ResponderExcluir
  18. Uma saudade que irrompe de um coração que clama por amor que o tempo teima em lembrar na mais triste forma de o sentir ,muitos beijinhos querida irmã.

    ResponderExcluir
  19. Que belo momento de poesia amiga Carmen.
    Embora a saudade seja dolorosa ao longo do poema, o mesmo acaba com a chama alegre da esperança.

    Um beijinho

    ResponderExcluir
  20. ¡Ay Carmen Lucía!

    No encuentro palabras para expresar tanta belleza que derrama este poema que nos habla de saudade, que creo es nostalgia o añoranza...Por un amor que se fue y no olvida. Mas en esta vida, cuando una puerta se cierra, otra se abre y vuelve a florecer la primavera del amor. Nunca la esperanza se pierda.

    Me ha encantado es exquisito.
    Ha sido un inmenso place pasearme por tus letras.
    Te dejo mi gratitud y mi estima.
    Un abrazo y se muy muy feliz.

    ResponderExcluir
  21. OI CARMEM LUCIA!
    A SAUDADE DÓI, MAS QUANDO TEM COMO COMPANHEIRA A ESPERANÇA, TEREMOS FORÇAS PARA
    CONTINUARMOS.
    LINDO E EMOCIONANTE AMIGA.
    ABRÇS
    http://zilanicelia.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  22. A saudade... abordada de uma forma tocante e plena de sensibilidade... como tão bem, a Carmen, o sabe saber...
    Mais um poema lindíssimo, por aqui...
    Beijinhos
    Ana

    ResponderExcluir

Obrigada amigos,fico feliz quando deixam
comentários em meu pequeno espaço.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Amigos

Amigos

Flores com carinho.

Flores com carinho.