Amar é sentir a sensibilidade de uma flor..

Amar é sentir a sensibilidade de uma flor..
Amar é sentir a sensibilidade de uma flor.

Aos amigos.

Aos amigos.

O meu livro.

4 de abril de 2016

Serenidade.

Com serenidade entrego-me ao vento,e tento bailar junto a sua aragem,deixando a imagem do universo espalhar suas ondas em risos esfuziantes.
Sopros atingem o mar,e despertam a nitidez de uma alegria ao ver que sou bailarina dançante,reverenciando-me ao ritual esvoaçante.
Bálsamos d'águas batizam meu corpo,levando-o a flutuar ao ritmo da canção vinda de alto mar.
A sensação de ser única unifica o conjunto dessa moldura,e transforma em prazer esse livre querer.
Um querer absoluto e sensato em abrir os braços,
 atingindo voos até chegar ao limite do espaço,entre o céu e o linear do horizonte.
E assim...
Faço a despedida dessa magia diante do astro rei,que se despe aprofundando-se em seu leito,adormecendo em profundo silêncio no final do poente.
Ouve-se apenas nesse silenciar,o balbuciar das águas do mar.

Carmen Lúcia-Imagem Cabschau-centerblog.

26 comentários :

  1. Muito belo este poema com toda a serenidade.
    Um abraço e boa semana.

    ResponderExcluir
  2. Querida Carmen, preciso ser essa bailarina e alçar voos com serenidade! Dias pesados têm-se feito!
    Lindo, amiga! Senti-me leve por um instante! Obrigada!

    Bjs, ótima semana! ❤️

    ResponderExcluir
  3. Bom dia, querida Carmen!
    Senti-me refrescada na alma também... obrigada por tão linda partilha...
    Bjm muito fraterno

    ResponderExcluir
  4. Excelente o seu poema! Amei.

    Beijo e uma excelente segunda-feira

    Coisas de Uma Vida 172

    ResponderExcluir
  5. UAU! Que beleza de momentos aqui descritos e sem dúvida, de paz, serenidade! Linda poesia! bjs, ótima semana e obrigadão sempre por todos os carinhos,chica

    ResponderExcluir
  6. Que lindo, amei, essa leveza em seus belos poemas me dão sempre bons começos do dia, leveza é tudo o que se tem de buscar hoje em dia!
    Abraços linda amiga, estás cumprindo um dom, o de espalhar amor!

    ResponderExcluir
  7. Bom dia querida Carmem.
    Poema lindo, a entrega ao vento e a o silencio do balbuciar do mar. Uma feliz semana amiga. Enorme abraço.

    ResponderExcluir
  8. Olá Carmen
    É lindo saber se entregar e saber dar valor a natureza, toda a energia que vem dela é sobrenatural.
    beijinhos

    http://eueminhasplantinhas.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  9. A serenidade, coisa boa...
    Silêncio e barulho das águas do mar... Calmante para alma e enlevo à imaginação...
    Boa semana, Carmen... Boa inspiração aqui!...
    Abç

    ResponderExcluir
  10. A serenidade de uma bailarina esvoaçante,que entre o céu e a linha do horizonte se despede da magia.num poente onde apenas se ouve o balbuciar das ondas do mar.
    Beleza pura, Carmen Lúcia!
    Boa semana.
    xx

    ResponderExcluir
  11. Dou-me bem com a serenidade,
    estou passando por aqui sem pressa
    não fugindo da felicidade
    porque ela de mim fugir não quisera!

    Ouvindo a canção vinda do alto mar,
    com andas que parece tontas
    batem do rochedo sem o quebrar
    só quando desmaiam na areia ficam mansas!

    Tenha uma boa tarde, amiga Carmen Lúcia, um beijo,
    Eduardo.

    ResponderExcluir
  12. Um poema belíssimo querida irmã ,a serenidade que tantas vezes o coração do ser humano necessita para poder ter paz ,desejo-lhe uma semana cheia de felicidade ,muitos beijinhos no coração.

    ResponderExcluir
  13. Minha querida amiga, nota-se sempre nas suas palavras um imenso prazer de escrever.
    Visualizei cada palavra, cada frase sua e serenei.
    Um beijinho com carinho

    ResponderExcluir
  14. Oi Carmem, boa noite!
    Que poema lindos.
    De leveza e serenidade sem igual!Amei!
    Beijos, uma ótima semana!
    Mariangela

    ResponderExcluir
  15. Me entreguei em cada verso embala pela suavidade da música e a serenidade penetrou em meu coração. Poema belíssimo amiga
    Uma semana iluminada

    ResponderExcluir
  16. Oi, Carmen, que delícia...uma bailarina leve e diáfana livre e solta alcançar alturas do sonho. Muito bom de ler e sentir.
    Um abraço

    ResponderExcluir
  17. Bom dia, lindo poema escrito com toda serenidade ouvindo as melodias do mar.
    AG

    ResponderExcluir
  18. Olá, Carmem, além da paz e serenidade transmitida nesse seu poema, você escreve com muita elegância!
    Um beijo, amiga!

    ResponderExcluir
  19. Preciso encontrar esta serenidade
    É bailar ao vento, Carmem querida.
    Lindo poema!
    Tenha uma linda tarde.
    Beijinhos de
    Verena e Bichinhos.

    ResponderExcluir
  20. Olá Carmem Lúcia, tudo tão lindo aqui... poema, musica! Belíssimo!!! Que tenhamos essa "serenidade e possamos nos entregar ao vento e bailar com a aragem!" Feliz semana! Um abraço.

    ResponderExcluir
  21. Oi Carmen,
    Obrigada por tudo
    Dorli
    Beijos

    ResponderExcluir
  22. Oi Carmen,
    Vou sentir saudades
    Beijos no coração
    Minicontista2

    ResponderExcluir
  23. Um mar de sensações... que nos é dado apreciar... a cada palavra...
    Adorei esta serenidade, tão presente, nas suas encantadoras palavras, Carmen!...
    Para ler e reler...
    Beijinhos!
    Ana

    ResponderExcluir

Obrigada amigos,fico feliz quando deixam
comentários em meu pequeno espaço.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Amigos

Amigos

Flores com carinho.

Flores com carinho.