Aos amigos.

Aos amigos.

Amar é sentir a sensibilidade de uma flor..

Amar é sentir a sensibilidade de uma flor..
Amar é sentir a sensibilidade de uma flor.

21 de outubro de 2014

Flutuando sem afundar!





 Chegando ao remanso d'água,a jovem procura com suas mãos amparar as visitantes,que insistem pousar em flores flutuantes.

Delicadamente sem feri-las,em um leve sopro,sussurra para que elas pousem em outro local.

E isso seria natural!

Mas... elas persistem que ali desejam ficar,e descansar.

 Com breve impulso retornam aos voos rasantes,e bem devagar beijando as flores,agradecem pelo aconchego,voltando ao abrigo de repousar.

Borboletas sem medo dos desafios da vida,enfrentam qualquer adversidade,mesmo sabendo que poderiam umedecer suas asas,submergindo nas cristalinas águas.

Assim devemos pensar!

Viver,viver,viver..... como as borboletas,pousando nossas asas nas flores flutuantes sem temer,sabendo que sempre existirá alguém para nos amparar,nesse sobreviver flutuando sem afundar. 

Carmen Lúcia-Imagens-centerblog.net.


16 comentários :

  1. oi Lu

    Que Deus nós dê força para enfrentarmos quaisquer adversidades.
    Os que conhecem o teu nome confiam em ti, pois tu, Senhor, jamais abandonas os que te buscam. — Salmos 9:10

    bjokas =)

    ResponderExcluir
  2. Linda poesia e reflexão ao final dela! bjs, tuuuuuudo de bom,chica

    ResponderExcluir
  3. Boa tarde Amiga

    Um poema leve, doce e muito terno. Amei...


    Espero que se encontre melhor

    Tenha um dia Feliz
    Beijo


    http://coisasdeumavida172.blogspot.pt/

    ResponderExcluir
  4. Voando livremente sem temer... Pousando p respirar melhor e alçar novos voos...
    Sem afundar!

    Gostei de refletir na sua poesia...
    Uma boa tarde... Abraços

    ResponderExcluir
  5. Hoje estou passando somente para matar as saudades,
    e marcar minha presença.
    Sem duvidas levo no coração sua postagem.
    Só assim valerá a pena minha presença aqui.
    Um feliz continuar de semana .
    Beijos..Evanir.

    ResponderExcluir
  6. Que possamos aprender a lição das borboletas... caminhar livres sem medo ou temos. Intensa inspiração Carmen.
    Beijos

    ResponderExcluir
  7. Boa tarde Carmem.
    Linda poesia, Deus sempre está pronto para nós amparar em qualquer situação, com ele tudo fica mais leve.
    Uma linda tarde. Abraços.

    ResponderExcluir
  8. E como as borboletas devemos confiar, pois teremos sim quem nos ampare!
    Linda reflexão Carmem!
    Beijos!
    Mariangela

    ResponderExcluir
  9. Sua poesia é puro encanto querida Carmen Lucia, bjs no coração.

    ResponderExcluir
  10. Linda a sua poesia, Carmen!
    Para reflexão!
    Um beijinho.
    Ailime

    ResponderExcluir
  11. Viver cada momento, empreender cada objetivo e ter fé. Dulcíssimo poema. Linda noite. Bjs

    ResponderExcluir
  12. Maravilhoso momento querida Carmen ,sentir toda a leveza da vida sem medos nem anseios de ser felizes ,muitos beijinhos que Deus ilumine sempre a sua vida .

    ResponderExcluir
  13. Olá, amiga!
    Muito obrigado pelo seu comentário no blog do Viviani.
    Beijinho!

    ResponderExcluir
  14. A leveza desse voo encantado e destemido é um exemplo da natureza a todos nós que, por vezes, abraçamos o medo e nos esquecemos que há Deus para nos amparar. Bjs.

    ResponderExcluir
  15. Querida Carmen
    O seu lindo poema traz força e esperança a quem o lê.
    Que bela mensagem!
    Um beijinho
    Beatriz

    ResponderExcluir

Obrigada amigos,fico feliz quando deixam
comentários em meu pequeno espaço.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Amigos

Amigos

Flores com carinho.

Flores com carinho.